segunda-feira, 23 de Maio de 2016 08:41h Atualizado em 23 de Maio de 2016 às 08:46h. Site Oficial do Cruzeiro

Cruzeiro sai atrás, se recupera e empata em 2 x 2 com o Figueirense

Após levar dois gols do adversário, o Cruzeiro superou o momento adverso, arrancou o empate, criou chances para garantir a virada

Após levar dois gols do adversário, o Cruzeiro superou o momento adverso, arrancou o empate, criou chances para garantir a virada, mas teve que se contentar com a igualdade com o Figueirense, em 2 x 2, na noite deste sábado, no Mineirão, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Elber e Douglas Coutinho, ambos no segundo tempo, marcaram os gols do Time do Povo, que terá o Santa Cruz como próximo adversário, em jogo a ser disputado na quarta-feira, às 21h45, no estádio Arruda, em Recife-PE.

 

 

 

O Cruzeiro começou muito bem o jogo, comandando as ações e buscando a vitória desde o apito inicial do árbitro Wagner Reway. Matías Pisano e Federico Gino tentaram duas vezes de fora da área antes dos 10 minutos. Na primeira finalização, Gatito Fernández fez importante defesa e na outra, a bola saiu à direita do goleiro adversário.

Só dava Cruzeiro, que pressionava bastante o Figueirene. O goleiro e os zagueiros do time catarinense tiveram que se desdobrar para segurar o bombardeiro da Raposa, que teve tudo para marcar em chutes de Gino e Elber, ambos defendidos por Fernández, e especialmente no bate rebate que aconteceu aos 21 minutos da etapa inicial, em que Willian, Henrique e Pisano tiveram chances, mas a bola insistia em não entrar.

 

 

 

A Raposa seguiu buscando o gol e quase conseguiu em uma jogada de Bruno Ramires, que fez belo cruzamento para a área. Elber cabeceou e a bola saiu com muito perigo acima do gol do Figueirense.

Já a equipe visitante, no único lance efetivo de ataque que teve no primeiro tempo, abriu o marcador, aos 40 minutos, em um cabeceio de Rafael Moura, após cruzamento de Jefferson.

 

 

 

Segundo tempo

O time de Florianópolis voltou mais ofensivo na etapa final e quase ampliou logo aos 4 minutos, não fosse grande defesa de Fábio, que colocou para a linha de fundo um chute forte de Bady. Mas, cinco minutos depois, após escanteio cobrado por Bady, Rafael Moura marcou mais um, novamente de cabeça, 2 x 0 para o Figueirense.

O Cruzeiro não se abateu e se recuperou instantaneamente. Na saída de bola no meio-campo, Elber fez excelente jogada individual, passou por quatro marcadores e chutou na saída de Gatito Fernández.

 

 

 

Em seguida, o técnico Paulo Bento colocou Douglas Coutinho no lugar de Matías Pisano e logo no primeiro lance dele no jogo, Coutinho empatou, de cabeça, desviando cruzamento perfeito de Sánchez Miño. 2 x 2.

O lance animou ainda mais o Cruzeiro, que voltou a sufocar o adversário, em busca da virada. Aos 32 minutos, Paulo Bento mexeu mais uma vez na equipe mineira, colocando Allano no lugar de De Arrascaeta.

Três minutos depois, quase veio a virada. Após bela triangulação entre Elber, William e Bruno Ramirez, o volante cruzou para a área e o zagueiro do Figueirense Bruno Alves por muito pouco marcou contra, ao tentar o cortar a bola, que saiu pela linha de fundo.

 

 

 

Aos 40, em outro contra-ataque do Fugueirense, Dudu lançou Rafael Moura, que finalizou forte e só não garantiu a vitória para os visitantes por causa de outra importante defesa do goleiro Fábio.

Nos instantes finais, Ariel Cabral entrou no lugar de Allano e o Cruzeiro seguiu em busca da virada, que acabou não acontecendo

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.