terça-feira, 28 de Outubro de 2014 08:52h

Cruzeiro se prepara para encarar o Santos

Após o empate por 1 a 1 contra o Figueirense, nesse sábado, em Florianópolis, o técnico do Cruzeiro Marcelo Oliveira explicou as razões por ter poupado o lateral-direito Mayke e o volante Lucas Silva – que entrou na etapa final do jogo

Segundo o treinador, alguns atletas apresentaram um desgaste físico acima no normal e a intenção foi evitar o surgimento de novas lesões musculares, como aconteceu com o jovem Alisson na partida contra o Palmeiras. “Na semana passada o Alisson estava bastante desgastado, nós resolvemos usá-lo e o jogador sentiu a fisgada. Agora vai ficar uns 15 dias parado. Tínhamos atletas assim hoje. Vocês mesmo dizem que nosso elenco é extraordinário”, comentou.
Sobre a empate no sul do país, Marcelo acha que o resultado acabou sendo justo pelo que fizeram as duas equipes. "O jogo seria muito difícil de qualquer jeito. O Argel [técnico rival] mobilizou muito o time deles para esse jogo, como sendo a partida da vida”, disse. “O Figueirense teve seus méritos, marcou muito, apertou a gente, e tivemos o contra-ataque que não funcionou", acrescentou.
A próxima partida da semifinal da Copa do Brasil será contra o Santos, amanhã, às 22h, no Mineirão. O jogo de volta será disputado na quarta-feira seguinte, dia 5 de novembro, novamente às 22h, desta vez na Vila Belmiro, em Santos.
Será a segunda vez que Cruzeiro e Santos se enfrentam pela Copa do Brasil. As duas equipes se cruzaram também na semifinal de 2000 e o Maior de Minas saiu vencedor no confronto, com vitória por 2 a 0 no jogo de ida, no Mineirão, e empate em 2 a 2 na partida de volta, disputada na Vila Belmiro, em Santos. Na decisão, a Raposa conquistou o terceiro título do torneio, diante do São Paulo, com empate em 0 a 0 no Morumbi, e vitória, de virada por 2 a 1, no Mineirão.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.