sexta-feira, 29 de Agosto de 2014 06:17h

Cruzeiro sem favoritismo, pede o treinador

Depois da tranquila goleada por 5 a 0 sobre o Santa Rita, no Mineirão, pelas oitavas de final da Copa do Brasil

As atenções do Cruzeiro se voltam para o Brasileirão. Neste sábado, o time de Marcelo Oliveira enfrenta a Chapecoense, novamente em Belo Horizonte. Ou seja, uma excelente oportunidade para a Raposa, na pior das hipóteses, manter os sete pontos de frente para o segundo colocado – atualmente o São Paulo.

Para Marcelo Oliveira, o fato do Cruzeiro enfrentar um rival teoricamente mais fraco e ainda por cima dentro de casa não diminui em nada a importância do jogo. “É aquela história que se fala e que é verdadeira, de que todo jogo é uma final, todo jogo é um jogo decisivo. Vamos nos preparar bem para este jogo de sábado, sabendo que a Chapecoense marca muito bem e tem velocidade. Vai ser um jogo difícil”, analisou.


Diante do time catarinense, o treinador contará com os retornos de Everton Ribeiro e Ricardo Goulart, ambos poupados na Copa do Brasil. “Nós trocamos algumas peças de forma bem programada, bem calculada, evitando a contusão de alguns jogadores. Estes jogadores vêm jogando constantemente e de forma intensa. Posso citar o Everton Ribeiro, que é muito marcado e que é muito disponível no jogo, não para. O próprio Goulart, que vinha com uma pequena dor. Colocamos jogadores de qualidade e com experiência também.”


Já projetando a partida de volta contra o Santa Rita, na próxima semana, Marcelo deixou claro que a tendência é escalar uma formação alternativa, já que a vantagem celeste no duelo dificilmente será revertida. “Não está definido, porque no futebol você não pode garantir nada. Mas está muito encaminhado e como o Cruzeiro tem um elenco bom, de qualidade, naturalmente lá nós teremos estes jogadores que não vêm jogando ou que vêm jogando menos. Acho que seria interessante, mas temos um tempo longo para pensar nessa situação”, disse o comandante celeste.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.