terça-feira, 7 de Abril de 2015 10:10h Atualizado em 7 de Abril de 2015 às 10:13h.

Cruzeiro sente derrota frente ao Tombense

Os jogadores do Cruzeiro não esconderam a frustração pela primeira derrota na temporada 2015

Após o jogo contra o Tombense, no Mineirão, o técnico Marcelo Oliveira e seus comandados não tiraram o mérito do adversário, mas também apontaram erros do time. “Não é surpresa. Se você não lutar, independentemente do adversário, você encontrará dificuldade. A equipe do Tombense fez uma marcação forte, saiu em velocidade e aproveitou os espaços que encontrou para fazer os gols. É mérito deles pela vitória”, disse o goleiro Fábio.
A derrota por 2 a 1 para o time de Tombos empurrou o Cruzeiro para a vice-liderança, posição que definiu o confronto da semifinal diante do Atlético, numa reedição da final da Copa do Brasil de 2014. Fábio acha que é hora para o Cruzeiro mostrar evolução. “Independentemente do jogo, a gente tem sempre de fazer o melhor. Se foi determinado que será na semifinal, que seja um bom jogo, a gente possa melhorar para fazer uma bela semifinal”, destacou.
Marcelo espera que a motivação do clássico ajude o time a crescer, embora ele mesmo tenha reconhecido ainda não ter encontrado a formação ideal do Cruzeiro nos primeiros meses de 2015. "Temos que mudar nossa postura e melhorar muita coisa. Não encontramos ainda a equipe ideal, por mais que a gente vá tentando. Sabemos que precisamos melhorar nosso desempenho, nosso espírito de luta e de uma forma geral melhorar tudo. Mas, de repente, tinha que ser assim para a gente forçar de vez tanto para a Libertadores, quanto para a semifinal [do estadual]”, completou.
No último domingo, o Cruzeiro abriu o placar do duelo com o Tombense, mas permitiu a virada do oponente. Avaliando o confronto, Marcelo destacou que o seu time não soube controlar nem mesmo a sua vantagem. "Precisávamos fazer uma partida melhor, por mais que tenha tido méritos o Tombense, que é um time bom, marcou muito bem e na hora certa puxou dois contra-ataques para fazer gols. Mas a gente não teve a competência para administrar o jogo e impor a nossa condição aqui dentro”, afirmou.
Antes de encarar o Atlético no jogo de ida das semifinais do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro vai entrar em campo na próxima quarta-feira, quando receberá o Mineros, no Mineirão, pela quarta rodada do Grupo 3 da Libertadores.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.