quinta-feira, 22 de Janeiro de 2015 08:59h

Cruzeiro usa a inteligência na contratação de reforços

Desde que chegou ao Cruzeiro, no início de 2013, Willian sempre figurou entre os titulares da Raposa. O jogador participou de 90 partidas e anotou 20 gols nas várias disputas com a camisa celeste

Ano passado, Willian sofreu poucas contusões e foi um dos jogadores que mais atuaram. Nesta temporada, ele fala dos novos companheiros e do desejo de conquistar mais títulos pelo Maior de Minas.
O atleta comentou. "Acho que a gente perdeu grandes jogadores, mas também está sendo muito inteligente ao contratar jogadores de muita qualidade, de grupo. Todos estão muito motivados para manter essa família unida e conquistar muitos títulos. O que mais peço para Deus é para me livrar de lesão, ter saúde para fazer o que mais gosto. Infelizmente, tem essas fatalidades, algum tipo de lesão, mas é poder prevenir também. Tenho esse cuidado, com alimentação também. Eu tento fazer as coisas corretas para poder colher frutos lá na frente", disse o atacante.
Depois de passar por duas temporadas jogando pelo Metalist-UCR, Willian voltará a disputar uma partida contra um time ucraniano. Cruzeiro e Shakthar Donetsk jogam no domingo, em Brasília. Porém, o jogador acha que não poderá ajudar muito com informações. Para Willian, O Shakthar Donetsk é um time com grande visibilidade, assim como o Cruzeiro e que, hoje em dia, a busca por informações sobre essas equipes está bem mais fácil.
"Todos sabem que tive uma temporada lá, mas não tenho muito o que passar. O Shakhtar tem uma visibilidade muito grande, com vários brasileiros. É uma equipe de qualidade, que disputa a Champions League. O que ele for perguntar para mim é o que todos já sabem, é uma equipe que toca a bola e envolve muito fácil as outras equipes. A gente tem totais condições de fazer uma boa apresentação, vencer. Então, tem tudo para ser um jogo muito bacana", declarou Willian.
Após este amistoso internacional, o Cruzeiro voltará a pensar em disputas oficiais e foca no Campeonato Mineiro que começa dia 1º de fevereiro, contra o Democrata-GV, em Governador Valadares. Willian já vive a expectativa pela estreia na competição e garante que o Cruzeiro entra forte em busca do bicampeonato. "A expectativa é sempre boa, campeonato regional nunca é fácil. As outras equipes sempre querem mostrar o seu valor, o seu melhor. No Cruzeiro, a cobrança sempre vai ser grande. A responsabilidade sempre é dos grandes. A equipe está fazendo uma boa pré-temporada para conseguir o título também. A responsabilidade sempre vai existir, independente da competição. É uma coisa que o Marcelo nos fala muito: ‘só marca história quem ganha títulos", completou.
O meia-atacante Everton Ribeiro está na mira de um clube – não revelado – dos Emirados Árabes. O jogador recebeu uma proposta na qual teria um salário mensal superior a R$ 1 milhão, mas o valor oferecido ao Cruzeiro não agradou ao presidente celeste, Gilvan de Pinho Tavares.
A Raposa receberia aproximadamente sete milhões de euros (cerca de R$ 21 milhões) por 60% dos direitos econômicos do atleta. O Cruzeiro fez uma contraproposta, que ainda não foi respondida. Everton ficou fora dos treinos de campo na Toca da Raposa II nessa terça-feira. O empresário do jogador, Robson Ferreira, está em Belo Horizonte participando da negociação.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.