sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2015 08:55h

Cruzeiro usa Campeonato Mineiro para preparar estreia na Libertadores

Contratado para compor o grupo, o lateral-direito Fabiano ganha espaço no elenco celeste

Após atuar improvisado na zaga nos últimos dois jogos, ele terá a oportunidade de atuar como lateral diante do Boa, neste sábado, às 18h30, no Mineirão. Será a última partida da Raposa antes da estreia na Copa Libertadores, contra o Universitario Sucre, na Bolívia.
Fabiano, que comemora a possibilidade de atuar na sua posição, considera que a equipe está evoluindo significativamente. “A gente vê uma evolução muito grande, principalmente nesse último jogo [contra o Guarani] com o Arrascaeta no meio campo, que é um jogador de muita qualidade. Também a gente já percebe esse entrosamento nos treinos durante a semana. Com certeza, com os jogos pela frente, a gente vai se entrosar cada vez mais e formar uma equipe muito forte para brigar em todas as competições”, analisou.
Fabiano é o único lateral-direito do elenco em condições de jogar. Mayke se recupera de uma contratura muscular e Ceará faz trabalho de prevenção.
“Todo atleta trabalha durante a semana para buscar espaço. Se aparecer a oportunidade, estarei pronto. Respeito meus companheiros, mas sempre faço o melhor para buscar meu espaço e posição. A gente sabe que precisa se impor em casa, jogando o maior tempo possível no campo do adversário”, acrescentou.
As grandes participações do lateral-direito Mayke nas campanhas do bicampeonato brasileiro do Cruzeiro despertaram as atenções dos principais clubes de Portugal, que seguem interessados em contar com o futebol do jovem atleta. O presidente Gilvan de Pinho Tavares negou qualquer proposta oficial pelo jogador e citou apenas uma sondagem do Porto, que aconteceu há mais tempo.
O Benfica também já foi citado pela imprensa portuguesa como interessado em Mayke. Os Encarnados, inclusive, teriam iniciado conversas com a diretoria celeste para adquiri-lo no segundo semestre, mas Gilvan garantiu nunca ter falado sobre o lateral com o presidente do time lusitano. “É verdade que houve uma sondagem do Porto, mas já foi há algum tempo e não passou disso. Benfica? Nunca me perguntaram por ele, nunca falei com o presidente [Luís Filipe Vieira] do Benfica sobre Mayke e não tenho qualquer informação de que o Benfica esteja interessado em Mayke”, disse o dirigente celeste em entrevista ao jornal A Bola, de Portugal.
Além de falar do interesse dos clubes em Mayke, a mídia do país ibérico especulou que o Cruzeiro pediu 5 milhões de euros para negociar 70% dos direitos econômicos do jogador, fato também desmentido por Gilvan, que tratou de valorizar seu atleta. “Mayke custa muito mais de 5 milhões de euros. É um jogador muito importante para o Cruzeiro”, encerrou.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.