sábado, 30 de Abril de 2011 11:42h Luciano Eurides

Cruzeiro vai com time misto frente o América-TO

O técnico Cuca adiantou ontem que vai promover algumas mudanças no Cruzeiro e dar oportunidade para os suplentes do grupo estrelado no jogo deste domingo, contra o América-TO, na partida de volta da semifinal do Campeonato Mineiro BMG. Embora ainda não tenha definido o time que vai mandar a campo, o comandante celeste já adiantou que irá escalar o goleiro Rafael, que terá sua primeira chance de ser titular no ano.


O treinador da Raposa vai poupar o goleiro Fábio, que está pendurado com dois cartões amarelos, já pensando na grande final da competição, caso o Cruzeiro confirme a vaga, que está muito próxima, após a goleada de 8 x 1 conquistada no jogo de ida sobre a equipe de Teófilo Otoni. O time azul e branco somente será eliminado se for batido por oito gols de diferença.


O arqueiro Rafael poderá ser o titular do gol cruzeirense no confronto decisivo deste domingo. A última vez que o jogador iniciou uma partida foi em 15 de setembro de 2010, contra o Guarani, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, Raposa venceu o duelo por 4 x 2. Em 2011, o goleiro foi utilizado na primeira partida do ano, no amistoso com o Uberlândia, (3x0 para o Cruzeiro), porém no decorrer do jogo.


A chance foi recebida com muita alegria por Rafael, que agradeceu ao técnico celeste, ao preparador de goleiros Robertinho e todo o elenco estrelado. No entanto, o goleiro leva o jogo muito a sério e está bastante motivado para realizar uma grande partida e ajudar o Cruzeiro a triunfar novamente. “Eu fico muito feliz e lisonjeado pela confiança do professor Cuca, do Robertinho e todo o grupo, por me escalar para esse jogo e é uma semifinal. Estamos focados para fazer o melhor independentemente se vai entrar um time misto, reserva ou titular. É o Cruzeiro que vamos representar e temos que fazer o nosso melhor em campo para buscar a classificação para a final do Mineiro”, falou ao Site Oficial.


Rafael sabe da responsabilidade de ocupar a vaga de Fábio, ídolo incontestável do torcida cruzeirense. Mas o jogar mostra maturidade e segurança para assumir a camisa 1 e manter o alto nível na meta estrelada, que em 20 jogos disputados em 2011, sofreu apenas 11 gols, média de 0,55 tento por partida.“É muito difícil substituir um goleiro do nível do Fábio, ele mantém uma regularidade muito grande e isso é importante para que o Cruzeiro vença sempre. Mas eu venho treinando bastante, graças a Deus, e espero corresponder e fazer uma atuação digna e a altura do Fábio”, planeja.


O grupo cinco estrelas oferece todo o apoio a Rafael. O zagueiro Léo, que também foi confirmado como titular para domingo, lembrou da participação do goleiro no duelo contra o Guarani-SP pelo Brasileirão 2010 e destacou a confiança que os companheiros de equipe têm no atleta.  “É a oportunidade do Rafael mostrar o trabalho dele. O Rafael é um grande goleiro também. No ano passado, quando precisou, contra o Guarani-SP, ele fez o papel dele, foi bem. Provavelmente, nessa nova oportunidade, ele vai se sair bem e vai mostrar as qualidades dele. Todo o grupo confia nele”, frisou.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.