quinta-feira, 26 de Abril de 2012 11:33h Luciano Eurides

Cruzeiro vai de Wellington Paulista na semifinal

O atacante Wellington Paulista não participou do jogo de ida da semifinal do Campeonato Mineiro, contra o América, por estar suspenso, e agora quer retornar ao time celeste para ajudar a equipe a chegar à decisão do Estadual.
O atacante acredita que será um clássico complicado, e para conquistar a vaga, o atleta pede o apoio da torcida cruzeirense. “Eu estava em São Paulo no domingo, fui resolver uns problemas pessoais, e quando cheguei em Belo Horizonte muitos torcedores me falaram que vão para o jogo. Só tenho que reforçar e pedir ao torcedor do Cruzeiro que vá ao estádio no domingo. É uma semifinal, e vamos em busca de uma vaga na decisão. Todo mundo quer ver a gente na final, e a torcida será importante para nos ajudar. Então, que ela compareça e lote a Arena do Jacaré, para que a gente possa fazer um excelente jogo no domingo”, disse.
Artilheiro do Campeonato Mineiro com 10 gols marcados, Wellington Paulista não esconde quer ser o goleador máximo da competição. O avante, no entanto, ressalta que mais importante do que ser artilheiro é o Cruzeiro conseguir acesso para disputar o título Mineiro e consequentemente ser campeão. “Nesse momento, não vou ser hipócrita e dizer que não quero ser artilheiro. Vai ser bom para mim, mas eu prefiro classificar do que fazer gol domingo. Acho que o mais importante é fazer gols, já que 1 a 0 nos classifica. Prefiro ter mais dois jogos nas finais para marcar”, declarou.
Na reapresentação do elenco do Cruzeiro, que ocorreu nessa terça-feira à tarde, o técnico Vágner Mancini teve uma conversa com os jogadores antes do treino, como costuma fazer na primeira atividade após cada jogo. O comandante celeste se animou com a postura dos atletas, que se mostraram obstinados a buscar a vaga na decisão do Campeonato Mineiro.
O treinador exaltou a determinação dos jogadores, demonstrada também no primeiro duelo da semifinal, contra o América, ocorrido no domingo passado, quando a Raposa diminuiu consideravelmente a vantagem do adversário, de 3 a 0 para 3 a 2. Agora, a equipe cinco estrelas precisa de uma vitória simples para avançar. “Na reapresentação, olhando no semblante do atleta, você sabe o que deve encontrar ao longo da semana. Hoje estou satisfeito, porque sei que temos um time de brio, de homens, que sabem que não foram bem no domingo, assim como nós também, com a certeza que domingo que vem será muito diferente, não tenham dúvidas disso”, afirmou.
Além de ter ido a campo bastante desfigurado, pela ausência de cinco titulares no jogo do último domingo, Vágner Mancini atribuiu a derrota à perda de concentração do time no decorrer da partida. O técnico celeste enalteceu o comprometimento do grupo e frisou que ao longo desta semana, buscará deixar a equipe atenta ao que deve ser feito no segundo confronto da semifinal. “Eu acho que nesses últimos jogos mostrou isso, diante da Chapecoense-SC, do América, do Uberaba, tivemos dificuldades no início dos jogos, lá atrás tínhamos um pouco de dificuldade na volta do segundo tempo e agora as coisas se inverteram. Isso é perda de concentração, não tem outro termo a ser usado. É muito importante que tenhamos uma semana longa, para que nesse sentido, a gente altere a forma que o atleta está se concentrando para o jogo, em termos não de comprometimento, porque há comprometimento, há entrega de todos, mas algumas coisas deixamos de fazer e por isso sofremos no jogo”, observou.
O encontro entre Cruzeiro e América-MG está marcado para 16h, na Arena do Jacaré, com mando de campo do time estrelado.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.