terça-feira, 14 de Outubro de 2014 10:21h

Cruzeiro vem de duas derrotas, mas mantém dianteira folgada

O técnico, Marcelo Oliveira, lamentou os erros defensivos do Cruzeiro na derrota por 3 a 0 para o Flamengo, nesse domingo, no Maracanã

O técnico, Marcelo Oliveira, lamentou os erros defensivos do Cruzeiro na derrota por 3 a 0 para o Flamengo, nesse domingo, no Maracanã, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na avaliação do comandante celeste,  'as doações fizeram a diferença.'
Mas disse que o momento (vem de duas derrotas seguidas) é  de dar força ao grupo e cuidar da liderança. “Doamos os gols. Aconteceu no clássico [diante do Atlético], no jogo contra o Corinthians e agora. Foram lances decisivos. Quando se leva gols dessa forma, quando você tem mais posse de bola e mais finalizações é ruim. Quando estávamos apertando, tendo mais mobilidade, levamos o segundo gol do Flamengo, que tem muito mérito e buscou a vitória. Pecamos muito. É um momento de indignação, mas de dar força para o grupo. Porque tudo que construímos é importante. É um momento mais de buscar força e hora de cuidar da liderança”, alertou.
O Cruzeiro continua com folga na liderança do Brasileirão. Com 56 pontos, tem seis de vantagem sobre o Internacional, segundo colocado. O próximo confronto será contra o Vitória, em Salvador. Antes, no entanto, o time tem o compromisso decisivo contra o ABC, válido pelas quartas de final da Copa do Brasil. A Raposa joga pelo empate.
Para Marcelo Oliveira, o resultado negativo no brasileiro não terá reflexos na Copa do Brasil. “Não tem implicação. Temos um grupo maduro, unido e de qualidade. Se não tivéssemos criado nada, sendo massacrados pelo Flamengo, aí sim teria preocupação. Se olharem os dados, verão que criamos também. Estava 1 a 0 e o Marcelo Moreno perdeu uma cabeçada”, disse o treinador, que lembrou dos desfalques de Everton Ribeiro, Dagoberto e Ricardo Goulart.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.