terça-feira, 17 de Abril de 2012 11:44h Luciano Eurides

Cruzeiro vence de virada na Arena do Calçado


O Cruzeiro fechou a primeira fase do Campeonato Mineiro com uma importante vitória sobre o Uberaba, na tarde deste domingo, na Arena do Calçado, em Nova Serrana. Depois de levar dois gols, o time cinco estrelas reagiu no segundo tempo e virou o jogo para 3 x 2. Wellington Paulista foi o destaque, balançando as redes em duas oportunidades.
Com o resultado, o Cruzeiro se classificou para as semifinais do Estadual na vice-liderança, com 28 pontos, já que o Atlético empatou sem gols com o Tupi de Juiz de Fora e ficou com um ponto a mais. O adversário da equipe estrelada na próxima etapa da competição será o América-MG, que perdeu neste domingo por 4 x 0 para o Guarani.
O atacante Wellington Paulista ultrapassou a marca de 60 tentos anotados com a camisa do Cruzeiro. O jogador ajudou o time celeste a virar a partida e conquistar a vitória na Arena do Calçado, em Nova Serrana.
Wellington Paulista já realizou 129 partidas pelo Melhor Clube Brasileiro do Século XX e marcou 61 gols, média de 0,47 por jogo. É quase uma bola na rede a cada dois jogos. Esta foi a terceira vez que o atacante anotou mais de um tento em um mesmo duelo neste Campeonato Mineiro. Contra o Nacional, ele fez três, e contra o América-TO, dois, neste domingo, contra o Uberaba, voltou a marcar duas vezes.
O camisa 9 da Raposa aproveitou também para abrir boa vantagem na artilharia do Estadual. O atacante tem dez gols, dois a mais que André do Atlético-MG. Entretanto, ele ficará de fora da primeira partida da semifinal, contra o América, já que recebeu o terceiro cartão amarelo, neste domingo, e terá de cumprir suspensão automática.
O técnico Vágner Mancini comemorou o bom resultado, que confirmou mais uma vez a capacidade de reação do time celeste. Entretanto, o comandante chamou a atenção para as falhas cometidas e disse que o jogo foi dificultado sobretudo pela discplicência da equipe.
Mancini analisou o duelo com o Uberaba, pontuou a demora para que o time celeste se ligasse no jogo e destacou também que o Cruzeiro foi a campo bastante modificado. “O time iniciou o jogo muito sonolento, deu chances ao Uberaba, para que chegasse a frente. Tomamos o segundo em um lance até esquisito e aí nossa equipe passou a jogar futebol nos últimos 25 minutos de jogo, diminui, chegou ao empate e virou em um lance muito benfeito, bonito, do Marcelo Oliveira, e espero que isso dê uma sacudida. Mas a equipe estava muito modificada, esperávamos uma certa dificuldade, mas essa dificuldade ficou muito acentuada em função do péssimo dinamismo da nossa equipe dentro de campo”, observou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.