terça-feira, 17 de Janeiro de 2012 10:35h

Cubanas brilham na vitória do Minas sobre o Osasco na Superliga

O Minas se recuperou na Superliga Feminina. Jogando em casa, diante de 1.782 pagantes, as mineiras bateram o Sollys Osasco, por 3 sets a 1, nesta sexta-feira. A dupla de cubanas, Daymi e Herrera, foi o diferencial da equipe mineira na Arena Vivo. As parciais foram de 25 a 21, 15 a 25, 26 a 24 e 25 a 17.

O Minas, que vinha de derrota para o Vôlei Futuro, em Araçatuba, somou três pontos importantes e chegou a 16 na classificação geral, se mantendo na quarta posição. As mineiras tiraram a invencibilidade do Osasco, que permaneceu com 18 pontos e acabou ultrapassado pela Unilever, que assumiu a vice-liderança.

Além da ótima atuação das cubanas, o Minas teve no conjunto outro ponto positivo nesta sexta-feira. O time mineiro não se intimidou com o poderio ofensivo do adversário, marcou bem as jogadas da equipe paulista e mostrou força no ataque, com Herrera e Daymi passando pelo bloqueio do Osasco.

O jogo

O jogo começou equilibrado, mas o Minas deslanchou depois do primeiro tempo técnico, com Herrera e Daymi fazendo a diferença. As minas-tenistas fecharam a parcial com 25 a 21, em 26min. No segundo set, o Osasco se recuperou bem, dominou as ações e contou com a apatia das mineiras para empatar a partida, com 25 a 15.

O terceiro set voltou a mostrar equilíbrio entre as equipes. E foi aí que o Minas ganhou confiança para vencer a partida. Com uma reação emocionante no fim, tendo em Herrera a protagonista, as minas-tenistas viraram o placar e fecharam em 26 a 24, em 34min. Na quarta parcial, as paulistas não conseguiram se recuperar, enquanto as mineiras marcavam pontos e aproveitaram para garantir a importante vitória, com 25 a 17, em 27min.

A minas-tenista Carla foi eleita a melhor em quadra e ganhou o troféu Viva Vôlei. Já o técnico Jarbas Soares destacou a personalidade da equipe diante do então vice-líder. “Foi uma vitória que todas têm mérito. Jogamos contra um time de altíssima qualidade e fomos valentes. Tivemos paciência e soubemos jogar nas horas mais difíceis. Só não podemos oscilar tanto. Mas estou satisfeito e parabenizo a todas”, exaltou.

O Minas volta a jogar contra outro favorito ao título da Superliga. Vai ao Maracanãzinho enfrentar o forte Unilever, na próxima terça-feira, às 20h, em busca da sétima vitória na competição. O Osasco terá pela frente o Pinheiros, nesta segunda-feira, às 21h, em casa.
 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.