sexta-feira, 21 de Outubro de 2011 12:05h Luciano Eurides

Cuca define hoje o time a encarar o Flu

O técnico Cuca comandou, na manhã de quinta-feira, na Cidade do Galo, o penúltimo treino antes do jogo contra o Fluminense, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida será disputada às 18h deste sábado, no Engenhão, Rio de Janeiro.


Foi realizado um trabalho tático, seguido de atividade recreativa e treino de jogadas de bola parada. Quando a imprensa teve acesso ao CT, 20 minutos depois do horário marcado, o time estava realizando apenas um rachão.


A boa notícia do dia foi a liberação do lateral-esquerdo Triguinho, que está recuperado de um edema na coxa direita, e treinou normalmente com o grupo. O atleta desfalcou o time na partida contra o Vasco, no último domingo, e está à disposição de Cuca para sábado.


Para o confronto, Cuca contará também com a volta do zagueiro Réver, do volante Pierre e do meia Bernard, que cumpriram suspensão contra o Vasco, e do meia-atacante Daniel Carvalho, recuperado de um estiramento na coxa.


Magno Alves, que sofreu um edema na coxa esquerda, ainda é dúvida para a partida. O atacante segue no departamento médico, assim como Guilherme, que se recupera de um estiramento muscular na coxa. Ambos dificilmente terão condição de atuar contra o Fluminense. Uma baixa certa é o volante Serginho, que terá que cumprir suspensão automática.


Nesta sexta-feira, o treino será às 10h. Em seguida, às 15h45, a delegação seguirá para o Rio de Janeiro.


Renan Ribeiro pode ser considerado um grande exemplo a ser seguido por todos em relação às adversidades que a vida apresenta e são vencidas com uma boa dose de união, dedicação e apoio.Com apenas 21 anos, o dono da camisa 30 alvinegra já passou por vários obstáculos para seguir na carreira de atleta profissional. Deixar o interior paulista aos 16 anos para tentar a sorte em um clube grande e enfrentando a distância dos familiares foi o primeiro teste.


Porém, a maior das provações aconteceu recentemente, quando a irmã Bianca faleceu com apenas 15 anos de idade depois de uma batalha incessante contra o câncer. A família deu uma aula de como se deve lutar pelar vida e recebeu carinho e orações de todas as pessoas que se sensibilizaram com o caso.


Apesar de ter a experiência de se defender das dificuldades, o goleiro do Galo acredita que todos serão fundamentais para que o resultado final seja a permanência na Primeira Divisão. Apenas com a união do grupo e a entrega total nas partidas será possível inverter o quadro atual de zona de rebaixamento. !Neste momento de adversidade dentro do Campeonato Brasileiro, vai depender de todo mundo, não apenas de mim. Todos precisam ajudar, vou procurar ajudar a equipe, passar experiência para todos, porque não podemos cair. Temos de fazer de tudo pelo clube neste momento”,   disse Renan Ribeiro.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.