sexta-feira, 28 de Outubro de 2011 18:44h Atualizado em 28 de Outubro de 2011 às 21:30h. Luciano Eurides

Cuca tenta todas as possibilidades

O técnico Cuca comandou um novo treinamento tático na Cidade do Galo. A grande novidade entre os titulares da equipe ocorreu no setor ofensivo. Magno Alves cedeu sua vaga no ataque para Neto Berola.


O comandante fez um trabalho tático em que apenas os titulares ocupavam o campo. A intenção do treinamento era valorizar a posse de bola. Os reservas treinaram em outra parte do gramado. Leandro, recuperado de uma seríssima lesão, treinou com bola pela primeira vez na temporada.


Carlos César, poupado das atividades da última quarta-feira, treinou normalmente. A equipe treinou com: Renan Ribeiro; Carlos César, Réver, Leonardo Silva e Triguinho; Pierre, FillipeSoutto, Bernard e Daniel Carvalho; Neto Berola e André.


Após a chegada do técnico Cuca, o Atlético adquiriu consistência defensiva e começou a priorizar a marcação em seus jogos. O lateral-esquerdo Triguinho, contratado a pedido do comandante, é peça importante para esse novo esquema de jogo do Alvinegro.


Como lateral, Triguinho deveria conter as investidas dos times adversários e também chegar ao ataque para apoiar. O atleta, no entanto, não tem muita liberdade ofensiva e se posiciona como um terceiro zagueiro pelo lado esquerdo da retaguarda atleticana.


Companheiro de Triguinho no sistema defensivo, Réver faz elogios ao lateral. Para ele, a entrada do atleta dá segurança à zaga. “É um jogador que entrou na lateral esquerda e foi muito bem. Ele nos dá um pouco mais de segurança na retaguarda. Às vezes, o Triguinho até faz um papel de zagueiro. Mas acho que a melhora da defesa foi em um todo. É mérito do treinador, que o contratou. Mas o mais importante é que ele vem ajudando o Atlético – disse o zagueiro Réver.


Triguinho, inclusive, já esteve incumbido de marcar o grande craque do futebol brasileiro na atualidade. No duelo contra o Santos, ele foi um dos jogadores que teve de conter Neymar. A missão foi bem-sucedida e o Galo deixou a Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, com os três pontos.
No próximo domingo, no duelo contra o Palmeiras, o lateral-esquerdo terá a missão de neutralizar os atacantes do time comandado por Luiz Felipe Scolari, que marcou apenas 11 gols no returno do Brasileirão e, depois das confusões de Kleber, não conseguiu se encontrar.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.