segunda-feira, 29 de Outubro de 2012 04:48h Gazeta do Oeste

Cuca valoriza casa cheia e descarta hostilidade do Atlético ao Flamengo

O “caldeirão” do Atlético será um trunfo quarta-feira, para vencer o Flamengo. Todos os ingressos estão esgotados para o duelo, no Independência. O clima é de rivalidade, mas o técnico Cuca garante que, da parte do clube, não haverá hostilidade contra os cariocas.

“Casa cheia é redundância. Nossa torcida vai à fila três, quatro, cinco dias antes e acaba com os ingressos, porque o pessoal quer ir. Hoje o Independência está pequeno para a demanda que temos. Isso é bom”, comenta Cuca.

No jogo válido pelo turno do Brasileirão, torcedores do Flamengo provocaram o craque do Galo, Ronaldinho. Chegou a haver uma informação desencontrada na chegada da delegação alvinegra no Engenhão. Mas o treinador alvinegro garante que, na capital mineira, o clima deve ser de paz.

“Aquelo era um jogo atípico. Era o reencontro do Ronaldo com a torcida do Flamengo. A saída foi conturbada. Mas é deixar bem claro que não houve hostilidade nenhuma por parte do Flamengo, não houve briga ou mal trato nenhum. Temos que tratar o Flamengo da mesma forma. Com a grandeza que o Atlético tem, vai ser bem tratado, sem dúvida nenhuma. Apenas é um jogo decisivo para nossas pretensões”, destaca.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.