quarta-feira, 12 de Janeiro de 2011 00:00h

Daniel Lovinho e Willian Morais são as novidades do América

Atacante e meia chegam para diminuir a médida de idade do Coelho
Por GLOBOESPORTE.COM
Belo Horizonte

Nessa segunda-feira, o América-MG apresentou dois reforços para a temporada 2011. São eles: o atacante Daniel Lovinho, de 22 anos, revelado pelo Palmeiras, e o meia Willian Morais, de 19, aposta do técnico Mano Menezes em 2010, ainda quando comandava o Corinthians. As duas novidades prometem correr muito e dar sangue novo para uma equipe recheada de jogadores experientes.

Euller, Irênio, Fábio Júnior e Preto são exemplos, já que todos tem mais de 30 anos e ilustram a experiência do time americano, capitaneado pelo quarentão goleiro Flávio.

Lovinho e Willian chegam ao América-MG por empréstimo de um ano. O clube tem direito a um percentual, caso eles sejam negociados durante este período. O valor não foi revelado pela diretoria.

- São atletas que o América fez uma proposta, foi atrás, teve dificuldades. O América brigou muito para que, durante esse empréstimo, ficasse com um percentual no caso de venda dos atletas. Isso mostra que o América conta e acredita que são jogadores prontos, afirmou o diretor de futebol Alexandre Mattos.

Daniel Lovinho foi revelado pelo Palmeiras e disputou a última Série B pela Ponte Preta. Foi pelo clube do interior paulista que o atacante chamou a atenção do Coelho e do técnico Mauro Fernandes. Quando os dois times se enfrentaram, pela última rodada da competição, o time mineiro precisava apenas de um empate para garantir o acesso, e sofreu com a movimentação de Lovinho, que deu muito trabalho à defesa do Coelho. O próprio jogador se lembrou da partida.

- O time é muito bom, deu para ver isso. Só que naquele jogo pelo fato da necessidade de um empate, eu senti que estava meio nervoso. Com a chegada minha e do Willian, e com os outros jogadores que já estavam, eu acho que vai encaixar legal, disse o atacante.

Já Willian Morais, chega para ser uma opção nas armações de jogadas. Ele contou ter sido seduzido pela proposta americana, que busca um torneio internacional em 2010, ano do centenário do clube.

- Tem que manter o ritmo do ano passado. É um grupo muito bom, unido. Agora, com as novas contratações, eu espero coisas boas do América-MG. Que façamos um bom Campeonato Mineiro e um Brasileiro em alto nível, disse o meia.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.