sábado, 16 de Maio de 2015 07:36h Atualizado em 16 de Maio de 2015 às 07:37h.

Dátolo recebe o perdão do torcedor atleticano

O Atlético pode ter até quatro desfalques na partida contra o Fluminense, amanhã, às 16h, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro

Nesta quinta-feira, um dia após a eliminação na Libertadores, diante do Internacional, o clube voltou aos treinos em Porto Alegre com dois problemas: Maicosuel e Jô.
Ambos são reservas, mas participaram do jogo contra o Colorado. Maicosuel sofreu uma entorse no tornozelo direito, enquanto o centroavante reclama de uma pequena entorse no joelho esquerdo. Os dois realizaram tratamento no hotel onde o Galo está hospedado e foram reavaliados ontem, na Cidade do Galo.
Os outros problemas do técnico Levir Culpi são o lateral-direito Marcos Rocha, que se recupera de uma lesão muscular na panturrilha esquerda, e o volante Leandro Donizete, que cumpre suspensão.
A eliminação nas oitavas de final da Copa Libertadores não tirou a confiança da torcida no elenco atleticano. Até mesmo o erro cometido pelo meia Dátolo, que resultou no terceiro gol do Internacional, teve o nome gritado pelos cerca de 400 torcedores que foram ao Aeroporto de Confins, na noite desta quinta-feira, receber a delegação. “Todo mundo sabe o carinho que tenho pelo Atlético. Lamentavelmente eu cometi um erro muito grande e infelizmente estamos fora da Libertadores. Agora vamos para o Brasileirão”, disse o argentino. E é justamente a conquista do bicampeonato brasileiro o principal objetivo da temporada.
Pelas redes sociais, muitos torcedores reconhecem que o Atlético fez bons jogos diante do Internacional, apesar da eliminação. Além disso, consideram que o elenco atleticano é qualificado e tem condições de brigar pelo título Nacional.
O alvinegro estreou na competição no último final de semana, contra o Palmeiras, em São Paulo. Como priorizou a Copa Libertadores, o técnico Levir Culpi escalou um time reserva, que fez uma ótima partida e só não conquistou os três pontos porque levou o gol de empate aos 49 minutos do segundo tempo. O jogo terminou empatado por 2 a 2.
O próximo compromisso será contra o Fluminense, amanhã, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O Atlético cumpre pena de perda de mando de campo em razão de incidentes ocorridos no clássico contra o Cruzeiro, na edição 2014 do Brasileirão, no Mineirão.
O Atlético quebrou o jejum de títulos importantes nos últimos dois anos, com as conquistas da Libertadores de 2013 e a Copa do Brasil de 2014. Campeão Brasileiro em 1971, a equipe sonha com o bicampeonato nesta temporada. "A gente sabe que a desclassificação da Libertadores doeu, mas a gente não pode ficar lamentando. As atuações contra o Inter nos deixam otimistas em relação àquilo que a gente pode fazer no Brasileiro", disse o goleiro Victor.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.