terça-feira, 2 de Fevereiro de 2016 08:48h Atualizado em 2 de Fevereiro de 2016 às 08:53h. Luciano Eurides

Definidos os semifinalistas do Campeonato Amador da LMDD

As equipes do Paraíso, União, Vasco e Quilombo estão classificadas para a semifinal do Campeonato Amador da Liga Municipal de Desportos de Divinópolis (LMDD)

O Paraíso venceu o clássico contra o Jusa Fonseca por 2x1. O União empatou sem gols com o Botafogo, o resultado garantiu à equipe de Divinópolis a vaga, pois venceu o jogo de ida por 2x0. O Vasco, que havia perdido o jogo de ida, venceu o Tupi em Carmo do Cajuru por 4x2, nos pênaltis, se classificou por 8x7. O Quilombo voltou a vencer o Sport por 2x1 e garantiu a participação na próxima fase.

No Jusa Fonseca, o clássico. O Paraíso entrou em campo com a vantagem do empate, ou seja, sem a pressão e/ou obrigação de fazer o gol. Isso fora de campo, pois com a bola rolando, quem partiu para cima foi o Paraíso, o Jusa quando chegava era sem qualidade, já o Paraíso, acertou o travessão do goleiro Diego duas vezes com Poeta e ainda na cabeçada de Léo Ratzenberger, Paulão teve chance no desvio para dentro da pequena área, e o Jusa só uma chance, em cobrança de falta, executada por Jeferson Pelada, mas marcada em dois lances, foi direta e sem validade, conforme manda a regra do futebol.

 

 

 

O Jusa foi chegar somente na metade do segundo tempo. A melhor chance foi no lançamento de Jeferson Pelada para Mateus. Ele recebeu na frente e fez o gol, mas a arbitragem assinalava impedimento. No mínimo duvidoso, pois Mateus possui muita velocidade. O Paraíso, em uma excelente jogada de Poeta, que colocou Juanil de frente para o gol para fazer 1x0, obrigando o Jusa a ir ao ataque e até conseguiu o gol, o árbitro, Tiago Cunha, acompanhou a marcação do bandeira e assinalou pênalti de Helder em João Marcos. Juninho cobrou e fez 1x1.

O gol do Jusa levou a equipe a uma pressão desesperada em busca do segundo gol, mas sem qualidade, Danilo deixou Léo de frente para o gol, mas o atacante chutou para fora, Pela invadiu a área e chutou fraco. Assim, a defesa do Paraíso simplesmente tirava a bola, uma delas caiu na lateral da intermediária do Jusa, o zagueiro Mateus tentou tirar ela do local onde o mato está alto, jogou para o adversário. Ele deu a bola nos pés de Poeta, que colocou Jesinho de frente para o gol, ele tocou na saída de Diego e concretizou a classificação do Paraíso à semifinal.

 

 

 

O jogador Poeta, armador e grande nome do jogo da classificação, falou sobre a partida e o que espera para a semifinal. “Tranquilidade nosso time teve, entramos com uma equipe ofensiva e buscávamos as falhas e tentar fazer os gols, nós perdemos um jogador em uma expulsão boba, mas cada jogador teve que correr ainda mais e nosso time cresceu, para ganhar do Paraíso tem que ter peito e raça, porque nosso time está aí. Nossa equipe está preparada para qualquer adversário, não tem como escolher e para ser campeão tem que enfrentar no tudo ou nada, estamos em busca do título. O Poeta está aí e com a bola no pé ele sabe o que faz”, disse e fez. Uma bola no travessão e assistência para os dois da equipe do Paraíso.

O treinador Lico Silva, da equipe do Paraíso, falou da ofensividade do time dele e vai mandar o jogo no Jusa Fonseca. “Hora nenhuma deixamos de ser ofensivo, fazendo o gol dificultaríamos ainda mais para eles, seja o Vasco ou Tupi, o que vier estamos preparados e dedicados para brigar pelo título e acredito que ficamos com o mando de campo aqui no Jusa Fonseca”, alerta e, com isso, agrega a torcida e a decisão só faz o futebol daquela região crescer ainda mais.

O Paraíso encara o Vasco de São Sebastião do Oeste. O Quilombo tem pela frente o União. Os jogos deverão ser marcados pela LMDD, levando em consideração o Carnaval.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.