terça-feira, 8 de Março de 2016 10:52h

Deivid valoriza a vitória que pôs a equipe azul na ponta da tabela

Sem vencer a Caldense nos últimos dois anos, o Cruzeiro suou bastante a camisa, mas derrotou a equipe do sul do estado, jogando fora de casa

O treinador Deivid valorizou o comprometimento dos atletas na busca pela vitória e parabenizou o time pela intensidade do jogo. Deivid ainda espera que o líder da competição continue entrando ligado nas próximas partidas para manter a ponta da tabela.

 


“É muito difícil jogar aqui. O Cruzeiro não conseguiu vencer a Caldense nos últimos dois anos. Gramado antigo, campo pesado. Temos que valorizar a vitória. Foi 1 a 0, mas suado. Criamos muito, tivemos boas chances e estamos de parabéns. Esperamos manter esta mesma intensidade nos próximos jogos, de estar ligado do começo ao fim pra sair sempre vencedor”, declarou o treinador.

 


O treinador enxergou evolução na equipe celeste, mas sabe que não adianta ser líder do Mineiro e estacionar no local. Para o treinador a equipe precisa continuar melhorando gradativamente, já que a primeira posição dá a vantagem nas semifinais da competição regional. “Evoluímos muito. Ainda mais nos últimos 10 minutos quando estávamos tendo dificuldade de ter a bola nos pés. E eu cobrei muito durante a semana” disse.
“Eu sou o líder da competição. Quero ganhar sempre de 1 a 0 e ser campeão no final da competição. Ser líder é sempre bom. A competição não acabou. Não adianta liderar de ponta a ponta e depois perder o título. Temos que subir gradativamente pra ter as vantagens no final. Eu estou satisfeito. Claro que queria ganhar de 3 a 0, mas não foi possível. Os gols vão sair na hora certa. O importante é você criar e nós estamos criando” finalizou.

 

 


Robinho comemora grande atuação
O atacante Robinho não escondeu a felicidade pela grande atuação que teve na goleada por 4 a 1 sobre o Tombense, neste domingo, na Arena Independência, pelo Campeonato Mineiro. Autor de três gols, Robinho levou a bola do jogo para casa.
“Quem faz três pode levar a bola para casa. Feliz pelos gols, mas mais ainda pela vitória do Atlético. Quem vê o placar, pode achar que foi um jogo fácil, mas foi difícil. Eles marcaram muito, mas a gente sabia que eles não iriam aguentar o tempo todo daquela forma. Aí, mantivemos o ritmo e, no segundo tempo, os gols saíram naturalmente”, disse o atacante.

 

 


“A gente sempre entra em campo pensando em ajudar o time a vencer, mas fico muito feliz por ter feito os três gols hoje. A cada jogo que passa, a gente vai pegando mais entrosamento, enfim, feliz pela vitória, pelos gols e, agora, é descansar e pensar na Libertadores”, acrescentou.
Robinho revelou que os primeiros gols com a camisa alvinegra aliviaram a ansiedade.
“Muito bom, tira a ansiedade, eu estava ansioso para fazer o gol e ajudar meus companheiros. Estou muito feliz pela vitória e os gols são consequência”, completou o jogador.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.