sábado, 14 de Maio de 2016 04:58h Site Oficial Cruzeiro

Delamore escala o Cruzeiro e aposta no entrosamento para vencer no sul

O Cruzeiro encerrou, na tarde desta sexta-feira, a preparação para a estréia da equipe no Campeonato Brasileiro

A partida inicial do esquadrão celeste será contra o Coritiba, neste sábado, às 21h, no estádio Couto Pereira, na capital paranaense. O auxiliar fixo Delamore confirmou que o time será o mesmo que venceu o Londrina na última terça-feira, pela Copa do Brasil. O interino gostou da intensidade da Raposa na primeira etapa daquela partida e pensou que o entrosamento pode ser fundamental para o Clube começar bem a caminhada em busca do pentacampeonato nacional.

“Eu acredito, acima de tudo, em entrosamento. Você repetir jogadores, coordenar os setores da equipe na medida em que vai se repetindo. Não sou a favor do rodízio de jogadores apenas pelo rodízio, é claro que numa necessidade no ponto de vista físico e médico, você pode poupar um ou outro jogador. Agora não é o caso. A equipe teve uma boa intensidade no primeiro tempo contra o Londrina. Agora é repetir primeiro e segundo tempos com o mesmo padrão e a mesma intensidade técnica. Na medida em que você tem o grupo mais entrosado, a parte técnica começa a aflorar mais. Então a minha expectativa é essa”, disse Delamore.

 

 

 

 

Dessa maneira a equipe que vai para o jogo ficou escalado dessa maneira: Fábio, Lucas, Léo, Bruno Rodrigo e Sánchez Miño; Lucas Romero, Henrique e Matias Pisano; Elber, Willian e Allano. Delamore definiu a equipe e falou da necessidade de começar a competição com vitória. O interino falou da importância dos pontos alcançados no começo da disputa e que podem render ao Cruzeiro uma administração melhor durante a temporada.

“São 38 rodadas, jogos pesados, o de amanhã será de muito peso. O Coritiba sempre foi uma equipe muito competitiva. A importância de você começar bem o campeonato brasileiro é que ao longo da competição você consegue se planejar melhor, principalmente quando adquiri uma gordura nessa fase inicial. Claro que por se tratar de um campeonato bem competitivo não se descarta ter que fazer uma corrida de recuperação dentro da competição, agora a possibilidade de arrancar bem, sair bem e abrir uma margem de pontos é importante para administrar a equipe”, finalizou.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.