sexta-feira, 17 de Julho de 2015 09:57h Atualizado em 17 de Julho de 2015 às 10:00h. Luciano Eurides

Destaque do futebol divinopolitano se prepara para estudar e jogar nos EUA

Estudar e jogar futebol. No Brasil, essa dupla jornada nem sempre é fácil de conseguir

A enorme maioria dos atletas abandona os estudos, outros abandonam o esporte como profissão e se dedicam às faculdades. O jogador de futebol Túlio Lacerda, destaque do Campeonato Mineiro da Imef 2015, encontrou uma solução: estudar e jogar nos Estados Unidos.

A escolha dele é uma das melhores. Uma oportunidade de um aprendizado nos âmbitos do esporte e acadêmico sem limites. Se formar em uma universidade nos EUA e ainda fazendo o que ele mais gosta e sabe, certamente é um sonho a ser realizado. Embora as boas notas e as ótimas referências no esporte o tenham credenciado a uma bolsa de estudos de 80%, a despesa final ainda é grande e por isso a luta já começou.

Túlio Lacerda afirma que já vem se preparando há um ano, estudando inglês e passou nas provas. “Falta um mês para eu ir jogar futebol pela universidade e, se Deus quiser, dentro de quatro anos ter um certificado americano. Eu me destaquei no futebol desde 2012 e o Eduardo Alves [jogador formado nos EUA] me apresentou o projeto e estou acreditando e encarando o desafio”, colocou. “Quando eu chegar lá será uma grande mudança, tenho ouvido muito sobre o futebol de lá, sendo muito físico, necessário também estudar muito, mas o frio ainda é o mais falado”,  disse.

A bolsa é considerada muito boa, pois é de 80%, mas ainda tem de pagar a moradia e alimentação. Isso U$ 6,5 mil por ano (fora a passagem). Segundo Túlio, o dinheiro vem sendo arrecadado de várias formas. “Família, amigos e até uma ação sorteando uma moto, onde cada bilhete é vendido a R$ 35. Estamos procurando investidores e toda a ajuda, se conseguirmos levantar esse dinheiro certamente será a oportunidade de estudar e jogar futebol. Aqui no Brasil eu teria de largar o futebol, isso não quero, o futebol é tudo para mim”, confessou.

 

 

Créditos: Arquivo Pessoal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.