quinta-feira, 2 de Agosto de 2012 15:47h Gazeta do Oeste

Diego Renan quer Cruzeiro atento diante da Ponte Preta

 No próximo domingo (5), o Cruzeiro terá a chance de entrar no G4 do Campeonato Brasileiro. Contra a Ponte Preta, na arena Independência, a Raposa precisa de uma vitória e contar com o tropeço de Grêmio ou Fluminense para ascender na tabela de classificação.

Para o lateral Diego Renan, toda atenção é necessária para encarar os campineiros. O ala acredita, contudo, que os cruzeirenses têm que se impor quando jogam em casa, independente do rival.

"Teremos uma partida complicada contra a Ponte Preta. É uma equipe perigosa, que vem jogando muito bem e está na parte de cima da tabela. Com certeza, darão trabalho e prova disso é que venceu o Botafogo no Engenhão. Por isso, temos que entrar muito atentos para não sermos surpreendidos. Devemos respeitar muito a equipe deles para podermos fazer uma grande partida e sairmos vencedores. Estaremos diante do nosso torcedor e, por isso, devemos nos impor por estarmos jogando dentro de casa. Por isso, acredito que temos de tudo para conquistar mais três pontos e, quem sabe, entrar no G4 do Brasileiro", destacou.

Mesmo precisando de tropeços dos concorrentes diretos para subir no Brasileirão, o Cruzeiro não pode ficar torcendo contra os adversários, para Diego Renan. O lateral acredita que o foco tem que ser no trabalho realizado pela Raposa e esquecer os rivais.

"Temos que entrar em campo focados apenas no nosso jogo, sem pensar nos nossos concorrentes diretos. Se conseguirmos nossos resultados, a boa colocação vem com o tempo. Estamos trabalhando forte para colocar o Cruzeiro em uma posição melhor dentro do campeonato. Só conseguiremos nosso objetivo trabalhando com calma, pensando sempre jogo a jogo. Nosso foco, atualmente, está apenas em vencer a Ponte Preta. Depois do jogo é que nos preocuparemos com outros resultados", finalizou o jogador.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.