sábado, 10 de Novembro de 2012 05:01h Gazeta do Oeste

Diego Renan volta a titularidade

O lateral Diego Renan pode ser o substituto de Ceará, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, na partida de domingo, contra o Bahia, às 19h30, no estádio Independência, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Diego falou ao Site Oficial do Cruzeiro sobre a provável nova oportunidade de ser titular da equipe. “Mais uma. Tenho trabalhado, sempre esperando as oportunidades, e preparado para jogar. O momento da equipe é um pouco difícil, são três derrotas seguidas, mas temos que ter tranquilidade para fazer um bom jogo”, comentou.

 


Diego Renan está ciente das dificuldades que o adversário deve proporcionar ao Cruzeiro, já que vem de vitórias e vai querer manter esta sequência, já que luta mais diretamente contra o rebaixamento. Mas o lateral destacou o fato de a Raposa jogar em casa e a importância do Torcedor. “Um jogo muito difícil e importante. O Bahia é um concorrente direto ali na briga. A gente tem que ter muita atenção. Sabemos que eles vão vir para tentar buscar a vitória também. Mas, jogando em casa, temos que fazer prevalecer o mando de campo. Lógico que o apoio do nosso Torcedor é fundamental, que ele vá e apoie a equipe. Se precisar cobrar, que cobre no momento certo”.

 


Sobre atuar mais uma vez pelo lado direito, Diego Renan disse não ter problema. “Tranquilo. Já joguei algumas vezes pela direita neste campeonato. O Everton está bem, está numa sequência boa de jogos. Acho que, tanto na direita como na esquerda, vou estar sempre pronto para ajudar”.
Everton chegou ao Cruzeiro durante o Campeonato Brasileiro de 2010, na campanha do vice-campeonato. Atuou como volante, meia e lateral-esquerdo, e, no domingo, contra o Bahia, às 19h30, no estádio Independência, pela 35ª rodada do Nacional, vai atingir a marca de 100 jogos com a camisa estrelada. Em uma conversa com o Site Oficial do Cruzeiro, o jogador falou da importância de conseguir uma vitória na partida de domingo. “Estou bastante feliz por completar essa marca. Mas feliz mesmo eu vou ficar se a gente sair de campo com o resultado positivo, com os três pontos. Estamos numa situação incômoda e, se Deus quiser, vamos conseguir vencer no domingo”, disse o atleta, que marcou quatro gols pela Raposa.

 


Perguntado sobre um jogo marcante dentre os 99 que disputou com a camisa do Cruzeiro, Everton respondeu logo: “Acho que foi a final do Campeonato Mineiro do ano passado. Perdemos o primeiro jogo por 2 a 1 e, no segundo jogo, até os 30 ou 35 minutos do segundo tempo a gente estava empatando a partida e, nos últimos 10 minutos, vencemos e saímos campeões”.

 


De fato, o time cruzeirense precisava de uma vitória simples para conquistar o título do Estadual, e venceu por 2 a 0, no dia 15 de maio. O primeiro gol saiu aos 30min do segundo tempo, com Wallyson. Gilberto, em cobrança de falta, marcou o segundo gol aos 41min. Festa para os mais de 17 mil Torcedores do Cruzeiro que estavam na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

 


Sobre o futuro da equipe, Everton, que se firmou como titular da equipe nesta temporada, espera que a Raposa consiga uma vitória no domingo, e já pensa em uma temporada de sucesso no ano que vem. “Este ano foi bom para mim, mas, infelizmente, não foi bom para o time. Não fomos bem no Campeonato Mineiro e na Copa do Brasil, e no Brasileiro estamos numa situação incômoda. Mas, se Deus quiser, no domingo, vamos tentar sair com os três pontos e já começar a pensar na temporada de 2013”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.