quarta-feira, 21 de Março de 2012 11:40h Luciano Eurides

Dimecol é campeã do 2º Torneio do Choro

A equipe da Dimecol sagrou-se vitoriosa na disputa do 2º Torneio do Choro. A partida realizada na manhã do último domingo foi muito disputada e depois de perder no tempo normal, o tme de Divinópolis conquistou o título nas cobranças de penalidades.
Criado com o intuito de movimentar a comunidade rural e também servir de base para a Copa Rural da prefeitura de Divinópolis, o torneio entra na segunda edição tendo o Colorado como primeiro campeão e anota-se a Dimecol como segunda campeã da história da competição. A conquista do título veio através das cobranças de penalidades já que houve a vitória da Dimecol na primeira partida da decisão, por 1x0, mesmo placar da segunda partida.
O time campeão até chegou a marcar o gol, logo no inicio da partida, mas a arbitragem já assinalava impedimento. Aos 17 minutos foi a vez do Choro ficar muito perto do gol, Raul salvou em cima da linha. Aos 19, Artur cruzou a bola na área e André subiu mais que todo mundo para fazer 1x0.
No segundo tempo, logo aos três minutos André recebeu a bola em ótimas condições de marcar o gol, caprichou demais e a bola passou a esquerda do gol. A Dimecol cresceu, foi para cima do time da casa e Mateus de cabeça tirou o que seria o gol de empate. Léo de cabeça dividiu a bola com o goleiro Vinícius e a arbitragem assinalou falta e Amaral, depois do cruzamento de Messias, cabeceou com muito perigo.
O Choro respondeu as ofensivas do adversário. André de falta acertou o encontro da trave com o travessão e aos 40 minutos foi a vez de Artur interceptar a bola em cima da linha e salvar a equipe da casa. O placar de 1x0 para o Choro foi mantido e a decisão final nas cobranças de penalidades.
Para o time da Dimecol todas as cobranças foram convertidas com destaque para o goleiro Zé Carlos. Ele defendeu a quarta cobrança do Choro, feita por Artur e foi para fechar a série e marcou, comemorando assim o título inédito para a equipe.

Destaques
É possível observar alguns atletas que fazem a diferença nos jogos rurais. O Choro com uma equipe praticamente da casa chegou a final. Na última partida colocou como titular o zagueiro Mateus, ele fez uma excelente partida, marcou Gustavo Lajinha, hoje um dos principais atacantes da cidade. Também André, que foi a alma da equipe.
Pelo time campeão a experiência fez a grande diferença. Geraldão, Messias, Lajinha, Raul, Samuel, Zé Carlos, Machado e muitos outros que estão acostumados a vencer. Sem duvida o melhor goleiro e decisivo também, foi mais uma vez Zé Carlos.
Muitos atacantes balançaram as redes, mas um deles surgiu como novidades. Ratinho e Amaral foram os mais difíceis de serem marcados.
 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.