sexta-feira, 19 de Outubro de 2012 16:02h Gazeta do Oeste

Diretor revela que Aloísio, do Figueirense, esteve perto de defender o Cruzeiro

O diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, revelou que o atacante Aloísio esteve próximo de se transferir do Figueirense para a Toca da Raposa. Segundo o dirigente, na negociação, que aconteceu há cerca de três meses, o clube celeste chegou a definir o pagamento de um percentual dos direitos econômicos do jogador.

Em entrevista à Rádio Esportes FM, o diretor de futebol do Cruzeiro explicou como foi a negociação. “Sobre o Aloísio, houve um determinado momento que ele esteve muito próximo do Cruzeiro. Foi o momento da chegada do Loco Abreu ao Figueirense. O Aloísio estava muito próximo, realmente, de vir para o Cruzeiro. Naquele momento, ele era reserva do Figueirense”, disse.

Alexandre Mattos afirmou que a negociação com Aloísio aconteceu pouco antes de Borges ser contratado junto ao Santos, no princípio de julho. “(Aloísio) é um jogador que conhecemos, que deu um trabalho muito grande para o Cruzeiro no nosso primeiro jogo no Independência. A não vinda do Aloísio foi por um detalhe contratual do Figueirense, que não quis liberá-lo. A gente chegou a acertar a compra de um percentual dele”, explicou.

“O Figueirense falou não, e não conseguimos removê-lo dessa ideia. Posteriormente, veio o Borges, que é um jogador da posição. Temos hoje o Anselmo, o Borges e o Wellington. Nesse momento, não há a possibilidade da vinda do Aloísio”, acrescentou o dirigente.

Aloísio foi autor do segundo gol do Figueirense na vitória sobre o próprio Cruzeiro por 2 a 0, em Florianópolis, em jogo válido pela 24ª rodada. No primeiro turno, o atacante foi titular no duelo vencido pela equipe celeste por 1 a 0, no Independência.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.