quinta-feira, 20 de Outubro de 2011 13:43h Luciano Eurides

Diretoria do Cruzeiro nega venda de jogadores


O diretor de Futebol Dimas Fonseca apareceu na manhã de ontem para falar sobre as especulações com relação a saída de jogadores do Cruzeiro. O principal o meia argentino Montillo, o volante Fabrício e o goleiro Fábio. Montillo e Fábio têm contrato longo com a Raposa, e Fabrício, cujo vínculo termina em dezembro próximo, está nos planos da Diretoria, que já agendou reunião para discutir a renovação.


Ele iniciou a entrevista coletiva falando sobre Montillo, Fabrício e Fábio, que estariam na mira de clubes de São Paulo. “Inicialmente, a questão do Montillo, acho que já ficou muito clara para todos vocês (imprensa), para o torcedor cruzeirense, porque para o Cruzeiro já estava claro. Em momento algum nós fomos procurados pelo Corinthians. Até tive a oportunidade de dizer para alguns na Arena do Jacaré, no domingo, que o Cruzeiro tem uma ótima relação com o Corinthians, falamos sempre com o presidente do Corinthians, o Andrés (Sanches), uma pessoa que nós admiramos, respeitamos, e sabemos que também somos respeitados por ele. Na Arena ele teve a oportunidade de dizer que não tem esse interesse. Em momento algum nós fomos procurados. E tenho certeza que ele teria nos procurado, caso tivesse o interesse Com relação ao Fábio e ao Fabrício, quero deixar bem claro que nenhum deles foi procurado”, disse.


Dimas Fonseca questionou os motivos pelos quais os jogadores do Cruzeiro estejam estampando os noticiários. “Estão querendo plantar no Cruzeiro uma situação de insegurança para o torcedor. Eu quero deixar o torcedor cruzeirense tranquilo, temos todo o interesse na manutenção do Fabrício, não temos interesse e já rejeitamos propostas pelo Montillo. O Fábio, em momento algum, nos procurou ou deixou a entender que tem a intenção de sair do Cruzeiro. É um ídolo do torcedor cruzeirense, uma pessoa pela qual nós temos muito respeito, uma pessoa que nos ajudou e nos ajuda muito, e que tenho certeza que tem o interesse de continuar aqui. Temos que deixar claro isso. Porque só o Cruzeiro? Não vejo nos noticiários, dizer que estão levando jogadores de outros clubes de Belo Horizonte, de São Paulo, do Rio de Janeiro, do Rio Grande do Sul. Porque só o Cruzeiro?”, interrogou.

 

 

O TIME


Com a suspensão do atacante Wellington Paulista, que vinha sendo titular na equipe cinco estrelas, o jovem Anselmo Ramon poderá ser escalado para enfrentar o Atlético-GO no jogo do próximo domingo, que será disputado às 18h, na Arena do Jacaré, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador formou o ataque no jogo-treino realizado nessa terça-feira, contra o Tupi, e fez o gol do time celeste.


Na atividade, Anselmo Ramon jogou ao lado de Ortigoza. Questionado sobre a possibilidade de ser titular contra o Atlético-GO, o atacante demonstra confiança nas decisões do técnico Vágner Mancini e promete muita entrega se o comandante celeste optar por ele. “Isso eu deixo para o Mancini resolver, porque ele sabe montar a melhor equipe e poder fazer o melhor. Se optar por mim, estarei sempre à disposição para entrar em campo, ajudar e dar o meu melhor para tirar o Cruzeiro dessa situação”, disse.


Diego Renan deve ser o substituto de Everton, que ficará parado por cerca de 40 dias, devido a uma contusão sofrida ainda no primeiro tempo da partida contra o Corinthians.  “Agora estou bem. Fiquei uns dez dias fazendo treinamento físico, voltei na partida contra o Corinthians em uma situação difícil, já que o Everton acabou se machucando. Fico triste porque ele vai ficar de fora por um tempo. Mas a equipe está forte, tem que continuar a luta. Sabemos que estamos num momento difícil, mas temos que ter tranquilidade para voltar a vencer”, disse o lateral, que lamenta as contusões que teve nesta temporada.
 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.