quinta-feira, 9 de Abril de 2015 11:13h Atualizado em 9 de Abril de 2015 às 11:20h. Luciano Eurides

Divicred realiza corrida em comemoração aos 18 anos da instituição

O Sicoob Divicred, Cooperativa de Crédito de Livre Admissão da Região Central e Oeste Mineiro Ltda, é um modelo bem sucedido de cooperativismo de crédito

Uma entidade sem fins lucrativos, que tem como objetivo a cooperação e ajuda mútua na concessão de créditos. A entidade completa 18 anos e para as comemorações está marcada uma corrida rústica, a princípio com 400 inscrições.
A corrida será dia 24 de maio, em um domingo, com largada às 9h, em frente ao Poliesportivo Dr. Fábio Botelho Notini. Com percursos de 5km e 10km, o trajeto é o conhecido dos corredores, sendo nas ruas Itapecerica, Primeiro de Junho, Goiás, Paraná, Divino Espírito Santo e voltando para o local da largada. A premiação em dinheiro será para os três primeiros dos 10km, também para divinopolitanos.
As inscrições serão feitas online. No site do Divicred haverá um banner de acesso e direcionado para as inscrições. Caso o corredor tenha qualquer dificuldade em realizar pela internet, haverá um posto físico na própria agência central. Os valores são de R$ 25 e R$ 35, para cooperados e não cooperados respectivamente. No segundo lote haverá acréscimo de R$ 10.
São 400 inscrições e Afrânio Martins as Staff Consultoria Esportiva não descartou a possibilidade de abrir novas vagas. “Depende da procura, isso vai ser conversado com a Divicred e a organização. Teremos a utilização do chip descartável, ele é diferenciado por já ser distribuído no kit, isso com bastante antecedência, dois dias antes, colocado no tênis e não é preciso devolver, também não há risco de perdas e nem necessidade de multas”, explicou.
O diretor presidente do Divicred, Urias Geraldo de Sousa, ressaltou a vontade dele em apoiar o esporte e também a ampliação de inscrições, caso seja necessário. “Temos visto o governo, entidades e academias em trabalho pela saúde, a Divicred também tem essa preocupação e veio a ideia de uma corrida visando a saúde e também arrecadar verbas para serem direcionadas a cestas básicas, leite e doação aos mais necessitados. Logo no início eu defendia um evento para 500 pessoas, mas se tiver de acrescentar fico feliz, quero 600 ou até mil pessoas, isso é saúde, cooperativismo”, garantiu.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.