sexta-feira, 14 de Outubro de 2011 10:31h Luciano Eurides

Divinópolis abre o JIMI com muita empolgação

Teve início na quarta-feira a fase estadual dos Jogos do Interior de Minas (JIMI), e logo na cerimônia de abertura Divinópolis mostrou a força e o entusiasmo de sua delegação, conquistando o troféu de delegação mais organizada e animada do evento. A cidade de Divinópolis se faz presente na Divisão A1,a elite do esporte especializado do interior de Minas, com as modalidades, futsal feminino, basquete masculino e voleibol feminino.
Na oportunidade, o secretário de Esporte e Lazer, Rômulo Duarte, acompanhado pelo representante municipal Rinaldo “Xisto”, e pelos treinadores de voleibol Aline Fonseca e Antônio Baleia, receberam das mãos do secretário estadual de Esportes e Juventude, Bráulio Braz, e da prefeita de Patos de Minas, Maria Beatriz Savassi, o primeiro troféu da competição.


A equipe de futsal, que já estreou na competição, realizou dois jogos e venceu os dois, se firmando como uma das favoritas nessa disputa. Na primeira partida, Divinópolis venceu a equipe de Patos de Minas pelo placar de 6 x 0. Em seguida, o time derrubou a equipe de Uberlândia por 4 x 1.
Hoje (14/10) os confrontos serão entre Divinópolis e Passos (basquete) e Divinópolis x Patos de Minas (voleibol). No sábado e domingo acontecem as disputas das semifinais e finais.


De acordo com o secretário de Esporte, Rômulo Duarte, os resultados e a participação de Divinópolis nesta etapa evidenciam os avanços conquistados pelo Governo Municipal. “Hoje Divinópolis coloca seu nome na história do esporte mineiro. Não há registros de uma participação tão expressiva quanto a que agora alcançamos. A gestão do prefeito Vladimir Azevedo mostra mais uma vez que está no rumo certo, e com esses resultados dá um passo de extrema importância na proposta de consolidação de políticas públicas de esporte e lazer”, afirmou o secretário.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.