terça-feira, 15 de Abril de 2014 06:09h

Domingo de muitos títulos para o Cruzeiro

Para muitos, o Cruzeiro tem hoje o melhor elenco do futebol brasileiro.

Tal opinião é compartilhada pelo presidente, Gilvan de Pinho Tavares, que nesse domingo conquistou seu segundo título à frente do clube em pouco mais de dois anos – em 2013 já havia se sagrado campeão brasileiro.
Na opinião de Gilvan, o grande número de opções que o técnico, Marcelo Oliveira, tem para armar o time tem sido o diferencial da Raposa desde o ano passado. “Tem que ser um plantel bom desse jeito, porque temos muitas competições para disputar e isso tem feito a diferença. Estou notando que outros adversários estão começando a cansar, porque quando se joga quarta e domingo as pernas não ajudam. Mas quando se tem um plantel à altura, você tira um jogador, põe outro e não diminui o ritmo”, analisou.
Diante desse panorama, o mandatário acha que o clube está bem servido para disputar as competições que ainda vêm pela frente – Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil. “É preciso manter o plantel e, se necessário, reforçar. Mas não estou vendo necessidade disso [contratações] por enquanto não. O plantel do elenco está cada vez evoluindo mais, os jogadores estão só evoluindo”, afirmou Gilvan.
Ainda sobre a força do elenco, o presidente lembrou que apenas agora alguns atletas começaram a se destacar individualmente. “Você pega o Samudio, que começou a jogar o futebol que a gente trouxe ele para jogar. O Lucas Silva teve uma contusão e voltou a jogar um futebol que está maravilhando todo mundo. A zaga do Cruzeiro cresceu de produção, nas laterais, se você não puder usar o Ceará tem o Mayke que a torcida pede toda hora para colocar. No ataque tem o William que sobra, tem gente sobrando em todas as posições”, comentou o dirigente.
O técnico Marcelo Oliveira era um dos mais eufóricos após o título estadual do Cruzeiro, concretizado neste domingo com o empate por 0 a 0 diante do Atlético, no Mineirão. Tetracampeão como atleta, quando defendia o rival, Marcelo levantou seu primeiro troféu mineiro como treinador. “É campeão, graças a Deus. Fomos campeões das últimas duas competições com propriedade. Melhor defesa, melhor ataque, invicto, que desde 2009 não acontecia. Estão de parabéns os jogadores”, comemorou Marcelo.
Para ele, a conquista deve ser muito valorizada, pois veio depois de dois jogos bastante disputados contra uma equipe bastante complicada de se enfrentar. “São duas boas equipes. O Atlético é muito bem treinado, tem um time já de um trabalho de dois anos, foi muito difícil chegar. Por isso temos que comemorar muito”, analisou.
Ainda de acordo com o técnico, se o Cruzeiro repetir a postura mostrada neste domingo, dificilmente perderá a classificação para o Cerro Porteño, pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América – o jogo de ida acontece nesta quarta, novamente no Mineirão. “Se jogar com esse espírito, a gente não perde para ninguém”, disse Marcelo, que também enalteceu o papel do torcedor celeste. “Essa parceria [time/torcida] é importante e vai nos levar a avançar na Libertadores, eu tenho certeza disso. Vamos trabalhar muito, comemorar hoje e a partir de amanhã [segunda] pensar no próximo jogo”, opinou o treinador.

 

VOLEI
Ganhar todos os títulos possíveis a um clube brasileiro em uma única temporada. Foi o que garantiu o Sada Cruzeiro ao bater o Sesi-SP por 3 a 0 na final da Superliga, na manhã desse domingo (13), no ginásio Mineirinho. O elenco que iniciou os trabalhos em junho do ano passado, no CT do Barro Preto, se preparando para as competições que viria a disputar, dominou o Estado, dominou o país, a América do Sul, e o mundo. Nenhuma equipe brasileira conquistou esse feito.
Com títulos para encher uma mão, os atletas cruzeirenses celebraram muito a vitória diante de sua torcida no Mineirinho, fechando um ciclo mais que vitorioso na edição 2013/14, com o Campeonato Mundial, o Mineiro, a Copa Brasil, o Sul-Americano e, agora, a Superliga. Garantindo conquistas em todos os âmbitos, a Raposa chegou a uma marca histórica e inédita: a quíntupla coroa do voleibol.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.