segunda-feira, 9 de Maio de 2011 10:15h Atualizado em 9 de Maio de 2011 às 10:18h. Site Atlético

Dorival Júnior elogia ?juventude atleticana?

O desempenho dos jovens atletas na vitória por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, neste domingo , no primeiro clássico da final do Campeonato Mineiro, foi bastante elogiado pelo técnico Dorival Júnior. O jogo foi disputado na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Para o treinador, a determinação desses jogadores fez com que eles ganhassem chance na equipe.

 

“Esses garotos estão buscando, quiseram alguma coisa a mais, tiveram apetite de sair da ociosidade. Acho que isso foi importante e determinante para que tomássemos a decisão de escalá-los. Apenas demos a condição e a tranquilidade para que eles jogassem, nada além disso. Eles é que estão dando essa resposta muito positiva”, comentou o treinador.

 

Na vitória deste domingo, Dorival Júnior utilizou sete jogadores formados nas categorias de base do Galo. De acordo com ele, os jovens estão aproveitando a chance oportunidade.

 

“No momento em que as chances apareceram, eles estavam preparados, acho que isso é fundamental. Esses garotos jamais se entregaram, não eram convocados e estavam ali, treinamento, diariamente, faziam um algo mais. O Fillipe Soutto não sai do campo enquanto não finalizarmos os trabalhos e que ele consiga fazer um trabalho à parte. Então, isso é merecimento, o próprio Giovanni, da mesma forma”, destacou.

 

Dorival Júnior concluiu destacando a atuação do meio-campo atleticano e alertando que a vitória deste domingo não decide a competição em favor do Galo.

 

“É um meio-campo novo, com jogadores formados aqui dentro. Acho que isso foi importante. Logicamente, foi apenas o primeiro tempo de uma decisão de 180 minutos. O Atlético reverteu um quadro importante, mas não tem nada decidido, nada definido. Está tudo ainda em aberto e as emoções para a semana seguinte serão ainda maiores”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.