quinta-feira, 26 de Maio de 2011 12:49h Luciano Eurides

Dorival Júnior faz experiências no Galo

O técnico Dorival Júnior testou algumas opções no trabalho tático em campo reduzido que comandou na quarta-feira, na Cidade do Galo, visando ao jogo do próximo sábado, contra o Avaí, em Santa Catarina. A partida será disputada às 18h30, no estádio da Ressacada, em Florianópolis.


A equipe iniciou o treinamento com Renan Oliveira, Patric, Réver, Leonardo Silva e Leandro; Richarlyson, Fillipe Soutto, Toró e Giovanni; Magno Alves e Guilherme.


No decorrer da atividade, o treinador promoveu quatro alterações, com Guilherme Santos, Dudu Cearense, Neto Berola e Mancini substituindo Leandro, Toró, Giovanni e Magno Alves, respectivamente.


A equipe reserva começou o coletivo com Giovanni dos Santos; Luiz Eduardo, Lima e Werley; Rafael Cruz, Gilberto, Dudu Cearense, Daniel Carvalho e Eron; Jonatas Obina e Marquinhos.


Também participaram do trabalho tático os meias Bernard e Wendel.


Antes da partida do próximo sábado, os jogadores do Atlético têm outro compromisso nesta quarta-feira, mas não será dentro das quatro linhas. O dever de casa é assistir ao jogo do Avaí, contra o Vasco, pela Copa do Brasil. O Leão da Ilha é o próximo adversário do Galo no Campeonato Brasileiro e o resultado desta quarta pode influenciar diretamente na partida de sábado.


Caso avance na competição, o Avaí deve encarar o Alvinegro com time misto. Se for eliminado, entra com força total no Nacional. “É importante a gente analisar a equipe adversária, assim como os treinadores avaliam, fazem o vídeo. A gente sabe da dificuldade que vamos enfrentar.

Independentemente dos jogadores, vai ser o Avaí, dentro da Ressacada”, destacou o atacante Magno Alves.


O jogo de ida entre Avaí e Vasco, pela semifinal da Copa do Brasil, terminou empatado em 1 a 1. Agora, o time da Ressacada joga em casa, precisando apenas de empate sem gols ou vitória simples para avançar à final.  “A equipe deles não deixa de ser perigosa, com muitos jogadores de qualidade. É ter cuidado e aproveitar caso eles estiverem cansados. É trabalhar forte do início ao fim”, ressaltou o lateral-esquerdo Guilherme Santos.
Para o zagueiro Leonardo Silva, independentemente da equipe que entrar em campo, se vai ser titular ou mista, o Atlético não terá facilidade em Florianópolis. “Será um jogo difícil. Lá é complicado, mesmo com a possibilidade de eles jogarem com time misto. Quem entra, sempre busca seu melhor. Vamos encarar como um jogo difícil para não ter surpresa. Temos de respeitar a equipe deles para que possamos fazer um grande jogo e buscarmos o resultado fora de casa. Vitória fora é importante para darmos sequência rumo ao nosso objetivo”, disse o defensor.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.