quinta-feira, 25 de Setembro de 2014 06:14h

Douglas Santos pode ser a solução caseira para a lateral do Galo

Depois de uma boa participação no clássico contra o Cruzeiro, quando entrou na etapa final e ajudou a equipe na importante vitória por 3 a 2

O lateral-esquerdo, Douglas Santos, espera, finalmente, uma oportunidade no time titular. Isso pode acontecer já nesta quinta-feira, diante do Santos, no Independência, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogador luta diretamente com Emerson Conceição pela vaga na esquerda. O atual titular é o principal alvo das críticas dos torcedores, mas segue gozando de prestígio com Levir Culpi. Ainda assim, o técnico já havia sinalizado com uma possível utilização de Douglas Santos, posição reforçada após a entrada do jovem no clássico. “Desde que cheguei é esse dilema [quem joga na esquerda], essa pergunta. O professor sabe quem coloca, sabe quem está bem. O Emerson está bem, eu estou bem e vou esperar o professor decidir o momento certo em que vou entrar”, analisou Douglas.


Apesar da pouca idade – 20 anos –, o jogador, com passagens pelo futebol espanhol e italiano, além de passagens pelas seleções de base, se sente preparado para assumir a titularidade no novo clube. “Sim, isso conta bastante [experiência]. Assim que subi no Náutico, para a gente que é novo, começar jogando é bastante difícil, por conta da torcida e de tudo. Agora estou aqui no Galo, trabalhando bem, o professor está me dando oportunidades nos treinamentos para eu fazer um bom trabalho e, quando surgir a oportunidade, possa estar pronto para jogar”, explicou o jovem atleta.


Para Douglas Santos, independentemente de quem entrar jogando, o mais importante neste momento é dar sequência ao momento positivo vivido pelo Galo. “A gente estava conversando estes dias que vencer o Cruzeiro seria muito importante para a chegada ao G4. Graças a Deus com muito trabalho, com muita dedicação, conseguimos vencer o Cruzeiro. Agora é dar continuidade para que possamos chegar ao G4 o mais rápido possível”, frisou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.