segunda-feira, 13 de Janeiro de 2014 12:05h

Em 10ª temporada como titular, Fábio se aproxima de mais recordes pelo Cruzeiro

Em 2014, Fábio chega à décima temporada consecutiva como goleiro titular do Cruzeiro. As presenças ao longo da última década o levaram a acumular recordes pelo clube. Mais duas marcas estão próximas de serem alcançadas.
Já no primeiro semestre desta temporada, Fábio deverá se tornar o goleiro com mais partidas disputadas pelo Cruzeiro. O atual capitão precisa de 23 presenças para igualar Raul, que defendeu o clube entre 1966 e 1978. O ex-arqueiro tem 557 jogos e é o quarto jogador a ter entrado mais vezes em campo com a camisa celeste.
“É mais um objetivo que temos a possibilidade de alcançar. Jogo a jogo, sabemos todas as dificuldades. Parecem fáceis 23 jogos, mas podem decidir um campeonato. É mais uma alegria que espero ter dentro do Cruzeiro, vestindo a camisa com tanta alegria e comprometimento”, observou Fábio.
“Espero que possa alcançar mais esse propósito de ser o goleiro a vestir mais vezes a camisa do Cruzeiro. Fica marcado na história para todos os cruzeirenses, como serão meus netos e são os meus filhos”, acrescentou.
Fábio ainda assumirá, isoladamente, a condição de quem mais defendeu o Cruzeiro na Copa Libertadores. Com 44 jogos, ele divide essa marca com Marquinhos Paraná. Nessa relação, o terceiro colocado é Raul Plassmann, com 40 partidas.
O novo recorde do camisa 1 será alcançado no dia 12 de fevereiro, na estreia cruzeirense nesta edição da Libertadores. O time celeste enfrentará o Real Garcilaso, no Peru. Fábio é o goleiro do Cruzeiro com menor média de gols sofridos na competição internacional (0,955 gol por jogo, contra 0,958 de Dida).
Fonte: Superesporte

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.