sexta-feira, 3 de Agosto de 2012 14:38h Gazeta do Oeste

Em jogo recorde de 4h26m, Federer derrota Del Potro e vai à final olímpica

 Foi sofrido - muito mais que o esperado -, mas Roger Federer tirou da manga outra vitória espetacular. Depois de 4h26m devolvendo as pancadas de Juan Martín del Potro, o suíço deixou a Quadra Central de Wimbledon com a vitória e uma vaga na final das Olimpíadas de Londres 2012. A partida, que quebrou o recorde de mais longo duelo em melhor de três sets na Era Aberta (a partir de 1968) do tênis, foi marcada por muitos break points, poucas quebras e vários lances espetaculares. As parciais foram 3/6, 7/6(5) e 19/17.

 

 Até esta sexta-feira, a partida mais longa em melhor de três sets era a semifinal do Masters 1.000 de Madri/2009, entre Rafael Nadal e Novak Djokovic. O espanhol venceu por 3/6, 7/6(5) e 7/6(9), em 4h03m.

 

 

Campeão nas duplas em Pequim 2008, Federer tentará, neste domingo, conquistar a sonhada medalha de ouro em simples. Seu adversário será o vencedor do jogo entre o sérvio Novak Djokovic, atual número 2 do mundo, e o britânico Andy Murray, quarto do ranking.

 

A campanha em Londres já é a melhor de Federer nas Olimpíadas. O suíço, que faz sua quarta participação nos Jogos, era favorito ao ouro em Atenas 2004 e Pequim 2008, mas acabou surpreendido, respectivamente, por Tomas Berdych e James Blake. Na grama de Wimbledon, onde é heptacampeão, o atual número 1 do mundo tem sua melhor chance para faturar o ouro.

 

 

 

 

 

 

G1

jogo, recorde, 4h26m, federer, derrota, potro, final, olimpica

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.