sábado, 27 de Outubro de 2012 05:05h Gazeta do Oeste

Em Santa Catarina, Joinville e América buscam sobrevivência na luta pelo acesso

Os números não são favoráveis, mas os jogadores do América ignoram as probabilidades e prometem lutar até o fim para conquistar uma vaga entre os quatro primeiros colocados da Série B do Brasileiro. Vindo de três vitórias consecutivas – derrotou Guaratinguetá, Guarani e Boa Esporte -, o Coelho vai tentar o quarto triunfo seguido diante do Joinville, neste sábado, a partir das 16h, em Santa Catarina, pela 33ª rodada.

O Joinville, por sua vez, precisa da reabilitação em casa para continuar sonhando com o acesso. A equipe foi derrotada pelo América-RN, por 3 a 1, na última rodada, e espera o apoio da torcida para derrotar o Coelho. O time catarinense está na sexta colocação, com 52 pontos. Já o América figura na sétima posição, com 49.

Para o técnico do América, Mauro Fernandes, a partida será encarada pelos atletas como uma final. Ele compreende que sua equipe não pode nem pensar em empatar mesmo jogando fora de casa. A vitória é essencial para o alviverde tentar se aproximar do Atlético-PR – último time do G-4.

"O Joinville é um time que está na mesma situação que o América: precisa da vitória para continuar vivo na competição. É um time muito difícil em casa, que pressiona muito. Será uma grande final para nós. E quem sabe não conseguiremos mais uma grande vitória para manter nossas chances?", ponderou.

Ao todo, o América terá cinco desfalques para a partida. Os zagueiros Everton Luiz e Vinícius Simon e o lateral-direito Boiadeiro seguem em tratamento no departamento médico. O atacante Alessandro será operado e ficará seis meses sem jogar e o lateral Patrick cumprirá suspensão automática.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.