terça-feira, 13 de Novembro de 2012 14:11h Gazeta do Oeste

Empresário diz que Galo não fez proposta, mas Malouda sonha em jogar no Brasil

Cláudio Caçapa é quem está autorizado pelo meia Florent Malouda a negociar a sua vinda para o Brasil. O ex-zagueiro de Atlético e Cruzeiro ressalta que, no momento, nenhum clube fez proposta oficial pelo jogador do Chelsea. Contudo, o francês tem um sonho de defender um clube brasileiro.

Malouda tem seu nome ligado a um possível interesse do Galo. “Na verdade não teve nada. Saiu isso, que teve uma conversa”, explica Caçapa ao Superesportes.

A chance de Malouda jogar no Brasil em 2013 é grande. A saída do Chelsea é facilitada. “Possibilidade tem porque o contrato dele está terminando, em junho. Ele não quer ficar, o clube não quer renovar. Ele vai sair. É certo, é fato. A possibilidade, se tiver um clube brasileiro interessado, existe”, confirma o empresário.

Jogar no Brasil é um objetivo a ser cumprido da carreira de Malouda. “É um sonho dele. Ele é da Guiana Francesa, muito próximo do Brasil. Sempre teve esse sonho de jogar em um clube do Brasil. A esposa dele também é brasileira”, relata Caçapa.

Muitas ligações de clubes brasileiros são feitas para Caçapa. No momento, as sondagens ainda não viraram propostas. “Sondagem a gente tem de outros clubes também, mas nenhum concretizou com proposta, dizendo que quer o jogador”.

O foco de Malouda no Brasil é grande. Transferir-se para mercados alternativos, como o “Mundo Árabe”, Estados Unidos e China, fica em segundo plano. Caçapa revela que o francês rejeitou uma proposta do chinês Shangai Shenhua, onde o melhor amigo do meia atua.

“Já teve proposta, o Drogba é o melhor amigo dele, tentou. Mas ele não quis ir”, afirma o ex-zagueiro.

Malouda tem 32 anos, atua como meia-atacante e está no Chelsea desde 2007. Entre 2003 e 2007, ele fez sucesso no Lyon, onde atuou com Caçapa e fez amizade. Na Seleção Francesa, o armador disputou uma Copa do Mundo e duas Eurocopas.

Kalil em Londres

Na última semana, o presidente do Atlético, Alexandre Kalil, esteve em Londres, cidade onde Malouda vive, tratando de negociações para 2013. Segundo o mandatário, ele tentou a contratação de Diego Tardelli, do Al Gharafa, do Catar.

O empresário de Malouda na Europa, Salvador de Miranda, foi contatado pela reportagem por telefone, mas evitou alimentar qualquer possibilidade.

“Eu não posso responder nada, não adianta perguntar”, disse.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.