sexta-feira, 22 de Abril de 2016 13:09h Site Oficial CBF

Encontro de Santos: iguais no nome e placar

VAI TER VOLTA!

Um duelo histórico fechou a noite de Copa do Brasil nesta quinta-feira (21). Santos (AP) e Santos (SP) se enfrentaram pela primeira vez na história. Fundado em 1973, a equipe do Amapá tem não só o nome, mas também cores, escudo e até o apelido de Peixe em homenagem ao time da Vila Belmiro. Na partida disputada no estádio Zerão, no Macapá, houve igualdade também no placar: 1 a 1.

Mesmo fora de casa, o Santos do litoral paulista teve a primeira grande chance de gol. Aos 13 minutos, Rafael Longuine arriscou da entrada da área e obrigou o goleiro Zé Maria a fazer boa defesa. Cinco minutos depois, após cobrança de escanteio, Lucas Veríssimo cabeceou para fora, passando muito perto da trave. O Santos do Amapá não conseguia penetrar na área do adversário até que, na primeira chance que teve, balançou a rede. Aos 44, Rafinha recebeu a bola na esquerda e bateu com força. A bola tocou no goleiro Vladimir e foi entrando lentamente. Caju ainda tentou salvar, mas não evitou o gol.

 

 

 

No intervalo da partida começou a chover e foi aumentando até que, aos dez minutos da etapa final, o árbitro entendeu que não havia condições de jogo e paralisou o confronto por meia hora. A tempestade passou, e a bola voltou a rolar. Os paulistas voltaram melhores e criaram duas boas oportunidades com Rodrigo Mendes, aos 17, e Léo Cittadini, aos 19. Quatro minutos depois, o time da Vila Belmiro chegou ao empate. O atacante Joel aproveitou cruzamento de Paulinho e cabeceou com força. O goleiro Zé Maria ainda tocou na bola, mas não conseguiu impedir que entrasse. Embalado pelo gol, o Peixe do litoral paulista partiu para cima em busca da virada, mas o time da casa se segurou bem, e o duelo terminou mesmo no 1 a 1.

A partida da volta será disputada na próxima quinta-feira (28), às 21h30, na Vila Belmiro. Quem avançar vai enfrentar o vencedor do confronto entre Rio Branco (AC) e Galvez (AC) na segunda fase da Copa do Brasil.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.