quarta-feira, 24 de Agosto de 2011 10:28h Atualizado em 24 de Agosto de 2011 às 10:32h. Luciano Eurides

EOC brilha na classificação geral do 23º Campeonato Mineiro de Peteca

As equipes do Estrela do Oeste Clube, de Divinópolis, brilharam no 23º Campeonato Mineiro de Peteca, ocorrido no Centro Campestre durante o último fim de semana. Na classificação geral, o EOC ficou em segundo lugar, perdendo apenas para as equipes do Oi Art. Cerca de 400 pessoas passaram pelas quadras do Centro Campestre e mostraram o crescimento do esporte.


O evento reuniu jogadores de todo o estado que somaram pontos para a etapa nacional do circuito e autoridades divinopolitanas que passaram pelas quadras prestigiando os jogadores.


De acordo com o Diretor técnico da Federação Mineira de Peteca (Fempe), Ronaldo Medeiros, o evento foi muito bem organizado, estrutura física impecável, equipamentos de melhor qualidade, bom atendimento aos atletas, e por esse motivo a cidade pode esperar sediar mais eventos. “Temos certeza que todos foram bem recebidos e sairão satisfeitos daqui” afirmou.
 

diretor frisou que o nível técnico dos atletas foi muito alto, surpreendendo várias vezes, como o atleta do Estrela que com 75 anos foi campeão. “Esse campeonato mostrou que a técnica superou a idade e o vigor físico e foi muito bonito de se ver”.



Resultados


Na categoria veterano masculino, acima de 64 anos, a medalha de ouro ficou com o Jaraguá Country Clube, a de prata com o Praia Clube e a de bronze com o Estrela do Oeste.


Na veterano, com idade entre 52 e 63 anos, o primeiro lugar ficou com o EOC, o segundo com o Oi Art e o terceiro com o Jaraguá Country Clube. Entre 50 e 57 anos os primeiros lugares ficaram com o Praia Clube, o Iate Tênis Clube de BH e o Jaraguá Country Clube.



Master



Na categoria Master feminino o EOC garantiu o terceiro lugar, atrás da equipe do Jaraguá Country Clube e da Oi Art. Já no master masculino, com idade entre 40 e 49 anos, o primeiro lugar ficou para o Minas Tênis Clube, o segundo para o Pic, o terceiro para o AABB e o quarto para o Estrela do Oeste Clube.



Economia



As 400 pessoas que participaram do campeonato, entre atletas, torcida e membros da Fempe, lotaram a rede hoteleira e os restaurantes. Alguns jogadores tiveram dificuldades em encontrar vagas para dormir durante os três dias de competição. O comércio também foi beneficiado com visitas durante os horários de intervalo entre os jogos, provando que eventos deste porte posicionam Divinópolis no cenário esportivo estadual, além de movimentar a economia da cidade.
 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.