quarta-feira, 23 de Maio de 2012 09:04h Atualizado em 23 de Maio de 2012 às 09:16h. Luciano Eurides

EOC reúne cerca de 500 judocas de todo o estado

O Estrela do Oeste Clube (EOC) foi palco de um grande evento esportivo no último final de semana. No Ginásio do Centro Campestre cerca de 500 atletas de 22 academias de todo o estado participaram da 1ª Etapa do Campeonato Mineiro de Judô (seletiva para o brasileiro). Quem esteve presente no evento foi  o prefeito Vladimir Azevedo, é um orgulho para o esporte divinopolitano receber um evento de tal representatividade para Minas Gerais. “Este fim de semana foi marcado pelas inúmeras ações de incentivo ao esporte. Inauguramos o Ginásio Poliesportivo Fábio Botelho Notini, no centro da cidade, estamos sediando aqui no Estrela o Campeonato Mineiro de judô, a Copa dos Campeões de Peteca do Brasil, além de outros grandes eventos pela cidade. Para mim, como prefeito, é um orgulho estar presente nestes grandes momentos do esporte, principalmente num ano tão significativo: o ano do Centenário da Cidade”.


O presidente do EOC, José Alonso Dias, destacou a alegria em sediar um evento promovido pela Liga Mineira de Judô tendo apenas três anos da prática do esporte no clube. “Agradeço à minha equipe pelo empenho e competência em realizar este grande evento e principalmente à Liga que confiou no nosso trabalho”. O presidente da Liga, Galileu José de Paiva Filho, frisou que o evento foi tão organizado que já é possível pensar em sediar um nacional de judô. “Receber 500 atletas de todo o estado não é fácil, e percebo que o Estrela fez tudo com muito carinho. Já estamos pensando em voltar aqui” brincou.

 

A primeira atleta a receber uma medalha de ouro no campeonato foi Michele Batista da Costa, da cidade de Uberlândia. Ela, que viajou mais de seis horas para disputar o campeonato, saiu orgulhosa com o resultado. “Valeu a pena a longa viagem e principalmente o treinamento intensivo” observou a atleta, que foi vice-campeã do Panamericano de 2011.

 

Peteca


No mesmo dia, o EOC também sediou a 6ª Copa dos Campeões de Peteca, reunindo os melhores jogadores de todo o país. Para o presidente da Federação Brasileira de Peteca, Inimar Souza, é sempre um orgulho para os jogadores participarem dos eventos promovidos pelo EOC, já que este prima pelo nível técnico dos atletas e oferece todas as condições necessárias para a realização dos torneios.

 

Os grandes campeões do torneio, da classe especial 01 (com um jogador até 29 anos e outro de 30 a 37 anos), foram João Pedroso Henrique (considerado o melhor jogador de Peteca do Brasil nesta categoria) e Bruno de Siqueira Santos, de Belo Horizonte. Ricardo Caldeira e Antônio Júnior, de Montes Claros, foram os vice-campeões. Na classe especial 02, com um jogador de 38 a 42 anos, um de 43 a 47 anos e um acima de 48 anos, os campeões foram Alexandre Barbosa, Bruno Ribeiro Frattezi (melhor jogador do Brasil acima de 38 anos) e Cliffoni Patrick Tavares. Os vice-campeões foram Eritol Tameirão da Silva, Adalberto Conceição e Elton Araújo.
 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.