quarta-feira, 24 de Setembro de 2014 05:01h Atualizado em 24 de Setembro de 2014 às 05:03h.

Equipe SESI Atleta do Futuro de handebol feminino é campeã da Copa Itaúna

Realizada nos meses de agosto e setembro, a I Copa Itaúna de Handebol, os jogos foram realizados aos sábados, tendo a participação das equipes de Arcos, Mario Campos, Itaúna, A. A. Medicina.

 

A equipe feminina divinopolitana foi campeã invicta da competição, vencendo na fase classificatória as equipes de Itaúna, Mario Campos, Arcos, ficando em primeiro lugar da chave. Na final, disputou a primeira colocação novamente contra Arcos, que ficou em segundo.


O jogo foi bastante disputado e o SESI Atleta do Futuro foi superior durante todo o primeiro tempo, vencendo por 8 a 7. Nos primeiros cinco minutos do segundo tempo a equipe de Divinópolis tomou a virada de 9 a 8 por um gol, mas a equipe manteve a tranquilidade, virou o jogo e venceu a partida por 16 a 14.


Destaque para a goleira, Daniely Aparecida Rodrigues, de 17 anos, que fechou o gol e fez defesas importantes. As campeãs foram Amabilles Alves Calixto dos Santos, Ana Carolina Costa Neves, Andresiane Silva de Oliveira, Barbára Catarina Teodoro Castro, Cristianne Rodrigues de Freitas, Fabiana Paula Pereira, Janaína Aparecida Alves da Silva, Jaqueline dos Santos, Joana D'arc Tatiane Pinto, Larissa Martins Araújo, Júlia Gracielle de Freitas, Letícia de Oliveira, Lorena Couto de Azevedo, Letícia Gabriela Felício de Morais, Luana Cristina Gonzaga Sianna Kunz.


No masculino a equipe SESI Atleta do Futuro, na fase classificatória, ficou em segundo lugar tendo confrontos contra Itaúna, A. A. Medicina, Arcos. No jogo final enfrentou também a respeitada equipe de Arcos, sendo um jogo muito difícil. No primeiro tempo ficou equilibrado, terminando em 13 a 13 no segundo tempo. A equipe Divinopolitana teve um apagão no  jogo e perdia a partida por quatro gols de diferença.


Após pedido de tempo feito pela técnica, Jordana Mondayle, aconteceu uma reação e o SESI Atleta do Futuro, o atleta, Rodrigo da Silva, anulou o armador de Arcos, melhorando a defesa do time, encostando no placar tirando a diferença por dois gols.


Depois, o atleta, Kaique Muniz, foi expulso do jogo devido a uma falta dura e, mesmo com um a menos, acontece uma reação inacreditável, com gols de Cássio de Pádua Braga e Ricardo Alexandre da Silva França, empatando a partida.


Infelizmente a vitória para Divinópolis não veio. Após o gol de empate e faltando dois segundos para terminar a partida ocorreu um erro de arbitragem.
A falta foi cobrada sendo dado um passe do armador esquerdo para o armador direito de Arcos, que lançou a bola para o ponta. Neste momento, a mesária da partida apitou o término do jogo e, após o apito, o ponta arremessou e o árbitro validou o gol. No handebol quem tem o poder de terminar o jogo é o mesário.


O segundo árbitro comunicou o ocorrido ao árbitro principal, poderia ter voltado atrás por ser permitido por regra e mesmo com sua equipe de trabalho se posicionando a favor do SESI, decidiu validar o gol, causando imensa indignação e frustração à equipe Divinopolitana. A vitória não veio e a partida terminou por 26 a 25 para Arcos.


As equipes de handebol do SESI Atleta do Futuro se preparam para a Copa Mariana no final de outubro, onde busca o bi-campeonato no Feminino Cadete, após ser Campeã na categoria Cadete, vice-campeã no Adulto e terceiro lugar no Cadete Masculino.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.