sexta-feira, 13 de Março de 2015 10:00h

Estádio do Atlético volta a ser notícia

Mais fotos do projeto do estádio do Atlético apareceram na internet, nesta quarta-feira, e provocaram alvoroço entre os torcedores alvinegros

As imagens, supostamente vazadas, na verdade, fazem parte do livro “Arquitetura Brasileira – 4ª Edição”, lançado na semana passada em São Paulo. De acordo com as primeiras informações, o estádio seria erguido em um lote que pertence à MRV, localizado no Bairro Califórnia, na Região Noroeste de Belo Horizonte.
Além das imagens, a obra descreve em texto os detalhes do projeto, assinado pelo arquiteto Bernardo Farkasvölgyi e que custou R$ 500 mil. “As bandeiras, as camisetas e os grandes panos em preto e branco que tomam conta dos jogos do Clube Atlético Mineiro foram a grande inspiração para o arquiteto Bernardo Farkasvölgyi conceber o projeto do estádio que será a nova casa do time. Desta forma, a cobertura do estádio ganhou um listrado branco e preto que se repete no desenho do piso no nível térreo e também na fachada do edifício-garagem”, diz um trecho do texto presente no livro.
A maquete do estádio do Atlético, chamado na publicação de Arena Multiuso, faz parte de uma coleção de projetos de vários arquitetos brasileiros. Entre as obras presentes no livro estão o Hospital Nove de Abril de Juruti (PA), a Torre Olímpica (RJ) e o Centro Cultural Sesc – Teresina (PI).
Segundo o texto, o projeto da Arena Multiuso é pensado de forma ecológica, visando economizar água e luz com as instalações de mecanismos para reutilizar os recursos hídricos, uso de lâmpadas de LED e painéis solares.
A diretoria do Atlético já admitiu o interesse em construir o próprio estádio, mas sempre é cautelosa ao falar do assunto. Apesar de o projeto estar na Prefeitura de Belo Horizonte, o presidente do clube alvinegro Daniel Nepomuceno, em entrevista recente ao jornal O Tempo, deixou claro que o sonho de ter a própria casa ainda é distante.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.