sexta-feira, 9 de Março de 2012 16:12h Atualizado em 10 de Março de 2012 às 10:04h.

Experiências continuam na Cidade do Galo

O técnico Cuca, vem fazendo algumas experiências no time do Galo para o jogo deste sábado, contra o Nacional, na Arena do Jacaré, pelo Campeonato Mineiro. No último coletivo, o treinador escalou o lateral direito Carlos César no meio-campo, sacando o meia-atacante Mancini.
O jogador, que já atuou na posição, não vê problema em jogar no meio e deixa a decisão para o técnico Cuca. “O mais importante é que estou recuperado, trabalhando com o grupo. Não tem nada definido, eu apenas trabalhei com o grupo. A gente está vendo a partida contra o Nacional como mais um jogo importante. A gente quer manter a regularidade e buscar mais uma vitória boa para permanecer em primeiro”, declarou.
Carlos César era titular da lateral do Galo, mas perdeu a posição após uma fratura no nariz, que o obrigou a fazer uma cirurgia. Recuperado, o atleta lembra que quer jogar independentemente da posição e se coloca à disposição para atuar no meio-campo, setor que conhece bem. “No ano passado, já joguei nessa posição e em outros lugares. Se for para ser utilizado nessa posição, não vai ter problema nenhum. O mais importante é estar jogando. Estou aqui para brigar por posição e se o Cuca me utilizar no meio-campo, vou ficar feliz também”, disse.
Em mais um edição de Campeonato Mineiro em que cartões amarelos e vermelhos são destribuídos em abundância, o Atlético vem se destacando pelas poucas advertências recebidas.
Juntamente com o Boa Esporte e o Tupi (que só fez quatro jogos), o Galo é o time mais disciplinado do torneio estadual, até o momento. O Alvinegro, nos cinco jogos que fez na competição, não teve nenhum atleta punido com o cartão vermelho e recebeu advertências por cartão amarelo em apenas 13 ocasiões.
A conduta exemplar do elenco é exaltada e tida como resultado de um grande trabalho coletivo, que foi iniciado ainda no começo da temporada, sob a tutela de Cuca. “Esse fator se deve ao o Atlético ter uma equipe muito compacta dentro de campo. O Cuca tem cobrado isso de nós desde o começo da temporada”, disse o volante Fillipe Soutto.
E um dos grandes destaques deste bom comportamento do Galo é o volante Leandro Donizete, que, mesmo atuando em uma zona em que faltas e cartões fazem parte da rotina, conseguiu passar ileso, em termos de cartões recebidos.
O técnico Cuca relacionou 18 atletas para o jogo de hoje: Renan Ribeiro e Lee. Marcos Rocha, Carlos César, Richarlyson e Triguinho. Luiz Eduardo, Rafael Marques e Réver.  Serginho, Fillipe Soutto e Leandro Donizete. Mancini e Escudero.  Danilinho, André, Guilherme e Neto Berola.

 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.