segunda-feira, 24 de Setembro de 2012 08:40h Gazeta do Oeste

Expulso, Cuca lamenta falta de diálogo com o árbitro durante a partida

Nos minutos finais do empate sem gols do Atlético com o Grêmio, o técnico Cuca acabou expulso pelo árbitro Heber Roberto Lopes. Segundo o treinador do Galo, não houve reclamação. Ele apenas questionou a não marcação de duas faltas em Neto Berola.

“Foram duas faltas no Berola, que podem definir o jogo, pois temos o Ronaldo. Mas ele inverteu as duas. Eu virei para ele e falei que foram duas. Ele virou e disse que foram quatro, ironizando. Eu insisti que foram duas e ele quatro. Ele, então, me expulsou.”

Cuca lamentou a falta de diálogo com o árbitro: “Não tem conversa, não tem diálogo. A gente tem que ficar quieto. Não vou dizer que interferiu no resultado, mas uma falta, duas, que são falta, podem definir jogo.”

Ainda, de acordo com o treinador, a fama de “cai-cai” de Neto Berola não pode interferir na arbitragem da partida: “Então, está vindo premeditado, porque falou isso. Se é cai-cai ou não, foram duas faltas, e tem que dar. Eu questionei com educação. É muito pouco para exercer o direito de te expulsar, de você ir a julgamento, pegar punição.”

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.