sábado, 26 de Abril de 2014 06:36h Atualizado em 26 de Abril de 2014 às 06:40h.

FADOM é a grande campeã do Circuito Super Praia 2014

A Fadom, de Divinópolis, é a grande vencedora do Circuito Super Praia 2014.

A competição, que ocorreu no vilarejo de Arraial D’Ajuda (BA), na semana santa, foi disputada por 51 faculdades e universidades de todo o país, se consagrando um dos maiores eventos esportivos do Brasil.
A Fadom foi destaque também no tamanho de sua delegação, que entre torcedores e atletas somou mais de cem participantes. Esse grande número refletiu no quesito solidariedade. Em uma ação social a faculdade do Centro-Oeste mineiro arrecadou uma tonelada de alimentos não perecíveis, que foi entregue à Associação Vó Jurema, de Arraial D’Ajuda. A associação abriga crianças carentes da região.

 

HISTÓRICO
Com o objetivo de incentivar os esportes e a confraternização entre estudantes de todas as regiões do Brasil, o Circuito Super Praia, que completou onze anos, se tornou tradição e impulso econômico nas cidades de Arraial D’Ajuda (BA), Florianópolis (SC), Búzios (RJ) e Resort Ilha Formosa (ES).

 

ESPORTE
O Circuito Super Praia nasceu com o objetivo de promover o esporte universitário. No Brasil, o incentivo à prática de esportes termina com a conclusão do ensino médio, diferente dos Estados Unidos e Europa, que chegam a oferecer bolsas de estudo para os alunos destaques nas quadras.
A competição envolvendo faculdades de todo o país incentiva os alunos a continuarem praticando esportes, mesmo sem as aulas de educação física. As medalhas conquistadas nos jogos universitários são resultados de um ano de treinos e confraternização.
Tradicionalmente são disputadas as modalidades de futebol de areia, futevôlei, vôlei de praia – masculino e feminino. Esse ano foi incluído a disputa de pênalti masculino e feminino. E em caráter experimental, provas de Stand up Padle (Sup) e Caiaque.

 

CONFRATERNIZAÇÃO
Além dos jogos, atletas e torcedores curtiram quatro noites temáticas. A primeira etapa do Circuito Super Praia, foi aberta com a Beach Beats, inspirada nos melhores festivais de música do mundo, trazendo o conceito Celebrate Life with Beats. No segundo dia, o Uíki foi transformado em Los Angeles, a tradicional festa a fantasia teve como tema o cinema. No terceiro dia, 19, a cervejada Conexão Lapa com o melhor do samba. E para fechar, o Bailinho do Praia,  que trouxe a inconfundível batida dos morros cariocas, comandadas por MC Koringa.

 

TURISMO
Em onze anos o Circuito Super Praia já passou pelas cidades de Arraial D’Ajuda (BA), Florianópolis (SC), Búzios (RJ) e Resort Ilha Formosa (ES). As regras para sediar uma edição do Circuito Super Praia são: o local precisa ser um paraíso, ter capacidade hoteleira, restaurantes e acesso por transporte terrestre e aéreo.
Cerca de 80% dos hotéis e pousadas de Arraial D’Ajuda estão reservadas para o evento, contemplando mais de 60 mil diárias.
Um dos atrativos que tem chamado atenção dos participantes é o Uíki. A beachclub que foi inaugurada há dois anos, no praia do Parracho, é burburinho nas grandes capitais, a casa que tem estrutura equivalente aos melhores beachsclubs do mundo, já é considerada um dos espaços mais charmosos do litoral Brasileiro.
Cada participante do evento deixou em média R$ 1.500 na cidade, ou seja, cerca de R$ 9,5 milhões. Além dos inúmeros empregos diretos e indiretos gerados no período.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.