quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2016 10:52h

Fechado. Clayton é do Atlético

A novela envolvendo a contratação do jovem atacante Clayton, do Figueirense, terminou na noite dessa segunda-feira. E com final feliz para o Atlético

Após longa reunião em um hotel de luxo em Florianópolis, que demorou mais de cinco horas, o Galo conseguiu concretizar a contratação do jogador, de 20 anos, considerado uma das principais promessas do país.
O encontro reuniu os presidentes Daniel Nepomuceno e Wilfredo Brilinger, o diretor de futebol do Galo, Eduardo Maluf, além do representante de Clayton, Jorge Machado. Na manhã desta terça-feira, o Atlético confirmou oficialmente a chegada do atacante. Além do clube mineiro, outros gigantes do futebol brasileiro, como Corinthians, Palmeiras e Santos também tentavam a contratação do atleta.

 

 


Como a negociação se arrastou por muito tempo, Clayton só poderá ser inscrito para as oitavas de final da Copa Libertadores da América, caso o Galo consiga uma das duas vagas no grupo 5 do torneio continental.
Logo após concretizar a transação, Nepomuceno e Brilinger foram entrevistados pelo jornalista Polidoro Júnior. O mandatário atleticano comemorou o final feliz nas negociações e disse que o interesse do Galo por Clayton vem desde a temporada passada. “Acho que é um jogador que era pretendido pelo Brasil inteiro, pelo mundo. Quero elogiar o presidente do Figueirense, a palavra do Wilfredo (presidente). Conversamos há quase seis meses, dizia o tanto que admirava o jogador. Ele esperou a gente ter essa conversa, longa, que acho que ficou bom para o Atlético, Figueirense e atleta”, explicou.

 

 


Questionado sobre a possibilidade de o Atlético ceder alguns jogadores por empréstimo ao Figueirense, Nepomuceno foi evasivo e limitou-se a dizer que o Galo pretende ajudar o clube catarinense. “Não acertamos nada em relação a isso. Temos um compromisso com o Wilfredo de poder ajudar, porque o Figueirense é uma das maiores vitrines do Brasil, tem mostrado isso nos últimos anos. Temos alguns detalhes do contrato que vamos sentar com calma para decidir. Ele tem a minha palavra aqui, nosso empenho máximo para poder que a qualidade do time dele continue a mesma”, disse Daniel Nepomuceno.

 

 


Clayton foi formado nas divisões de base do Figueirense, mas o clube possui apenas 10% dos seus direitos econômicos. A participação restante fica dividida entre Alliance empresa de Brillinger, com 30%, BMG, com 10%, Eduardo Uram, com 20%, o pai de Clayton, com 15%, e Jorge Machado, com 15%. Apenas as partes do clube, da Alliance e do BMG estão sendo negociadas, em transação que supera os 3 milhões de euros.
O novo reforço do Atlético se destacou no último Campeonato Brasileiro pelo Figueira, o que despertou o interesse de vários dos principais times do futebol nacional. E mesmo com as negociações, ele vinha tendo um bom início de temporada, com quatro gols marcados em seis partidas.
O atacante é o sexto jogador contratado pelo Galo para a temporada 2016. Antes, chegaram ao clube o zagueiro Erazo, o volante Junior Urso, o meia Cazares e os atacantes Hyuri e Robinho.

 

 


LIBERTADORES
Depois de manter a liderança do Campeonato Mineiro com a goleada sobre o Boa Esporte, o elenco do Atlético se reapresentou na tarde desta segunda-feira, na Cidade do Galo. As novidades foram as presenças do meia Dátolo e do atacante Thiago Ribeiro, ambos recuperados de lesão.
A dupla treinou normalmente e podem ficar à disposição para a partida contra o Independiente del Valle, do Equador, nesta quarta-feira, às 21h45, no Independência, pela segunda rodada do Grupo 5 da Copa Libertadores.
Recuperado de pequena lesão no músculo posterior da coxa direita, Dátolo se machucou antes da partida contra a Caldense, no último dia 10. Já Thiago Ribeiro não atua desde a Florida Cup, torneio amistoso disputado nos Estados Unidos em janeiro.

 

 


A recuperação de Dátolo ameniza a dor de cabeça do técnico Diego Aguirre, que pode utilizar o argentino na armação do time diante do Del Valle, já que o Atlético ainda não conseguiu regularizar Cazares.
O duelo contra o Independiente del Valle marcará a estreia do atacante Robinho. Anunciado como reforço no dia 11 de fevereiro, o jogador aprimora a parte física e não tem presença garantida entre os titulares. Aguirre, no entanto, não deu pistas da equipe que começará a partida.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.