segunda-feira, 20 de Agosto de 2012 11:37h Gazeta do Oeste

Federer abre vantagem na liderança e Bellucci sobe para 40º na ATP

A atualização do ranking da ATP nesta segunda-feira, não revelou grandes surpresas. Após vencer o Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos, pela quinta vez, o suíço Roger Federer aumentou sua vantagem no posto de número um do mundo, à frente do sérvio Novak Djokovic. O brasileiro Thomaz Bellucci subiu três posições antes mesmo de entrar em quadra.

 

 

Federer terá que aproveitar o Aberto dos Estados Unidos, último Grand Slam do ano, para aumentar ainda mais sua diferença para o número dois do mundo. Isso porque ele tem menos pontos a defender do que seu rival mais próximo no ranking, Novak Djokovic.


O sérvio é o atual campeão do Grand Slam norte-americano e precisa de mais um título para manter os 2.000 pontos conquistados ano passado. Já o suíço precisa alcançar as semifinais para igualar a campanha do último Aberto dos Estados Unidos.

 

No entanto, a vantagem de Federer para somar pontos no ranking terminará nos Estados Unidos, pois a segundo semestre do suíço no ano passado foi mais produtivo do que o de Djokovic e o líder da ATP terá mais pontos a defender.


No ranking dos dez primeiros colocados houve apenas uma mudança. O argentino Juan Martin del Potro trocou de posição com o sérvio Janko Tipsarevic e passou o ser o oitavo colocado.

 

O brasileiro Thomaz Bellucci não precisou se esforçar para comemorar a ascensão de três posições na lista da ATP. O paulista fará sua estreia em Winston-Salem, nesta segunda, contra o cipriota Marcos Baghdatis, mas já assumiu o posto de número 40 do mundo.

 

 

 

 

 

 

SUPERESPORTES

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.