sexta-feira, 11 de Julho de 2014 07:51h Atualizado em 11 de Julho de 2014 às 08:10h.

Felipão ainda tenta juntar os cacos

Felipão terá de bancar algumas de suas apostas para a partida de sábado contra a Holanda. E terá trabalho.

Ele já fez duas reuniões com os jogadores para saber quem não tem condições de voltar a vestir a camisa da seleção nesta Copa. Ainda abalados com a derrota de 7 a 1 para a Alemanha na semifinal, a lista é grande.
Daniel Alves, por exemplo, que não jogou no Mineirão, disse com todas as letras que para ele só vale entrar em campo para ser o primeiro colocado. Deu seu recado ao deixar o estádio em Belo Horizonte, o primeiro a comentar o vexame do Brasil. "Não tem essa de brigar por outra posição que não seja o primeiro lugar, a taça", disse. Como perdeu posição para Maicon, é bem provável que o treinador tenha de continuar com o jogador da Roma, que não mostrou condição física nos treinos para fazer três partidas seguidas. Felipão, no entanto, garantiu que todos estão em forma.
O técnico alertou para um problema no pé esquerdo de Marcelo, o que pode abrir vaga para seu reserva, Maxwell, o único jogador de linha que não jogou um só minuto na competição. "Temos de pensar em algumas alternativas e situações de jogo de futuro", disse o treinador, insinuando que fará mesmo algumas modificações.
O mesmo deve acontecer no gol. É muito provável que Julio Cesar não jogue para dar lugar a um de seus reservas, Jefferson ou Victor. O único problema é que, se ele não quiser se despedir do seu terceiro Mundial com o peso dos sete gols nas costas. "Posso fechar o olho e quem escolher será bem escolhido para jogar no gol."
Thiago Silva e David Luiz devem atuar. O capitão ficou fora da surra contra os alemães e certamente vai puxar a fila para a disputa do terceiro lugar, objetivo que Felipão já passou para o grupo como questão de honra. Ele poderá dar folga a Fernandinho e optar por Hernanes.
Mas é no setor ofensivo que Felipão terá de gastar mais lábia. Sua missão é convencer seus 'piores' jogadores, ou pelo menos os mais contestados pelo torcedor, a entrar em campo contra os holandeses. Vaiado no Mineirão, Fred é quem mais sofre com as cobranças. O treinador deixará a seu critério jogar ou ficar no banco. Hulk, que não conseguiu fazer um único gol na disputa, apesar das oportunidades, disse que precisará buscar força Divina para atuar em Brasília, no chamado jogo da ressaca. Outro perseguido em Minas foi Oscar, vaiado quando o jogo já estava liquidado. O meia desabou no gramado após a derrota histórica. Chorou! É provável que Willian tenha finalmente sua chance de começar uma partida na seleção brasileira.
Um provável Brasil contra a Holanda pode ser: Jefferson, Maicon, Thiago Silva, David Luiz, Maxwell, Luiz Gustavo, Hernanes, Paulinho, Willian, Hulk e Jô.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.