quarta-feira, 9 de Outubro de 2013 07:34h Luciano Eurides

Fernandinho está de volta ao Guarani

O Guarani segue as semanas de preparação e avaliação de atletas. O grupo tem a volta do ala Fernandinho, ele esteve no grupo de disputa esse ano, sofreu uma lesão. Já recuperado treina com o grupo.

O Guarani segue as semanas de preparação e avaliação de atletas. O grupo tem a volta do ala Fernandinho, ele esteve no grupo de disputa esse ano, sofreu uma lesão. Já recuperado treina com o grupo.
Fernandinho fala da importância de voltar a Divinópolis, pretende ver o Farião lotado. “O trabalho está sendo bem feito, preparação para o campeonato mineiro, rapaziada toda se entregando nos treinos e ainda se conhecendo. É sempre bom  os amistosos e jogos treinos. Tive a oportunidade de jogar aqui, mas uma lesão me tirou do campeonato passado e amigos já me contaram ser aqui um caldeirão e a galera comparece e quero estar esse ano. Voltando de lesão, um tempo parado e esse período foi importante”, falou.
O Guarani Esporte Clube jogará em casa em 2014. É o que confirma o prefeito Vladimir Azevedo, após firmar parceria com o clube para adequar a estrutura física do Estádio Waldemar Teixeira de Faria, o Farião, a receber os jogos do Campeonato Mineiro do ano que vem. As perspectivas, segundo o chefe do Executivo, são ainda melhores diante da soma de esforços para que Divinópolis ganhe um estádio municipal.
Com uma nova diretoria, o Bugre tem unido forças junto à Administração Municipal para reerguer o time. “O presidente Gilson Soares e toda a diretoria nos procuraram e somos parceiros. Já temos desenhado e roteirizado o que precisa ser feito para o Guarani jogar em Divinópolis, e nós queremos ajudar, dentro da condição e do possível, para que nós voltemos a ter os jogos aqui na cidade. Já estamos trabalhando nisso, junto com a diretoria”, declarou o prefeito.
O tão sonhado estádio municipal é mais um desafio enfrentado pelo prefeito Vladimir Azevedo. O campo do Pedregal, em Santo Antônio dos Campos, será a nova casa do torcedor divinopolitano. Com o apoio de lideranças políticas locais, a Administração trabalha para que o local tenha capacidade para seis mil pessoas. Um imóvel da Prefeitura, situado ao lado do campo, será transformado em estacionamento. “Chegamos a um entendimento de que o Farião não é o espaço adequado pra ser um estádio municipal, por questões de mobilidade urbana. Apenas uma rua de acesso, um rio de um lado, o trilho da ferrovia do outro e um córrego na frente. Uma área inundável, de preservação permanente, e todas as dificuldades colocadas ali. Nós elegemos, em comum acordo, que o novo estádio municipal seja no Pedregal, no União Esporte Clube, em nossa querida Ermida. Nesse sentido, já temos entendimentos avançados para torná-lo municipal”, ressaltou o prefeito. “O estádio é iluminado, já tem uma parte da arquibancada construída. Vamos terminar este projeto, preparando o reforço de iluminação, gramado, terminar os módulos de arquibancadas e com esse projeto pronto, somar esforços com as nossas lideranças políticas, os nossos deputados principalmente, o governador, os ministérios. Assim, convergiremos para o mesmo lado e ter esse estádio o mais breve possível servindo a população e principalmente os torcedores do Bugre”, completou Vladimir.

fernandinho, esta, volta, guarani

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.