terça-feira, 5 de Agosto de 2014 06:48h Atualizado em 5 de Agosto de 2014 às 06:56h. Luciano Eurides

Final histórica no futsal do Divinópolis Clube

O Divinópolis Clube retoma a modalidade esportiva do futsal e em grande estilo.

Na final do campeonato, realizada no último sábado, Dudu Pneus/RM Joias/Yago Stret Wear venceu a MX72/Razzo Jeans/Zanata Diesel nas cobranças de pênaltis. A Dudu Pneus se aproveitou da vantagem conquistada no jogo de ida, fez as etapas necessárias e teve competência nas cobranças. A Razzo Jeans foi quase perfeita em quadra, faltou apenas o gol na prorrogação, ou melhor, sorte nas penalidades.
A partida foi disputada do início ao fim. Como a Razzo precisava da vitória, foi logo marcando o gol com Fred aos cinco minutos de jogo. Rodolfo ampliou aos 20 minutos por meio de uma cobrança de falta. No segundo tempo, em uma reação da Dudu Pneus, Yuri diminuiu o marcador, mas aos 25 minutos, Cristian fez 3 a 1 e o balde de água fria veio com Ícaro. Aos 27 minutos ele assinalou 4 a 1 e definiu a prorrogação da partida.
Foram poucas as chances na prorrogação. As duas equipes se respeitaram muito. A marcação e saída para o contra ataque foi a estratégia de ambas. Pablo esbarrou na trave. O término sem gols levou a decisão para as penalidades.
Nas cinco primeiras cobranças pela Razzo, converteram Rodolfo, Pablo, Henrique e Fred. Para a Dudu Pneus marcaram Leandro Greco, PH, Toquinho e Yuri. Nos alternados apareceu a figura sempre atuante do goleiro, Anderson Pó, que defendeu a cobrança de Glauber. Na vez da Dudu Pneus, Felipe acertou a trave, para muitos a bola caiu dentro do gol, mas para a arbitragem não. Ainda, Daniel e Marcelo garantiram suas penalidades. Cristian esbarrou em mais uma grande defesa de Anderson Pó e ele mesmo foi para a oitava e decisiva cobrança e levou a equipe ao título.
Para o atleta, Felipe, da equipe da Dudu Pneus a disputa teria acabado na cobrança dele. “Para mim foi gol e tinha falado que o goleiro estava parado, desloquei a bola para lá, teve bom, foi campeão”, disse. O capitão, Yuri, lamentou as ausências e garantiu que os atletas em quadra foram capazes de lutar o tempo todo. “Hoje foi muito difícil, tivemos de superar duas ausências muito importantes [Leandro Morcego e Fredinho] e no final deu tudo certo. A decisão muito confusa, mas boa de jogar”, afirmou.
Alisson Toquinho avaliou a partida como de sofrimento. “Hoje foi, no final deu certo, depois que fizemos 2 a 1 vimos que dava, mas quando sofremos os gols tivemos de poupar, ficamos esperando na prorrogação e não atacamos tanto, nos pênaltis também, até mesmo tentamos ludibriar a arbitragem, mas nem teve jeito”, contou.

 

 

 

Títulos
Atleta disciplina: Tulio (Dudu Pneus). Atleta revelação: Daniel Lopes (Razzo Jeans). Melhor goleiro: Anderson Pó (Dudu Pneus). Artilheiro: Lucas do Carmo (Base Forte). E atleta destaque: Rodolfo (Razzo).
A seleção da rodada foi formada por Anderson Pó (goleiro), Felipe Dumbão (ala esquerda), Pablo (ala direta), Rodolfo (fixo) e Fred (pivô), com Marcelo de treinador.

Patrono
O patrono da competição, o esportista, José Maria de Melo, teve a lembrança do Paralelo da Copa Manejo, onde estavam muitos dos campeões do futsal do Divinópolis Clube. “Estes campeões ainda crianças no Paralelo da Manejo, antiga Manejo,  e hoje no Adulto, os meninos vice-campeões, começaram comigo aqui na escolinha do clube em 2006. Agradeço ao clube e fico muito feliz. É uma oportunidade de lembrar os velhos tempos”, declarou.

 

 

 

Créditos: Luciano Eurides

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.