segunda-feira, 5 de Março de 2012 13:54h Atualizado em 6 de Março de 2012 às 09:33h. Luciano Eurides

Flamengo abre caminhos para novos talentos

O Flamengo do Mendes Mourão recebeu na tarde de ontem dois representantes da Spotbase de Contagem. O objetivo da visita foi conhecer o espaço e fazer o primeiro contato com a equipe da cidade. Depois de observar os treinos das categorias 98 e 99 o representante Erick Araújo Alves elogiou o futebol de dois atletas.
Por muitos anos os atletas do Flamengo tem precocemente deixado a equipe em busca de sucesso nos times da capital mineira. Mesmo com a lei valorizando as equipes formadoras, as escolinhas de futebol ainda não conseguiram se beneficiar. Assim, nasce uma parceria entre a Sportbase e a equipe da Estação Velha. O objetivo é encaminhar a mais clubes, com segurança e retorno financeiro.
Segundo Erick Araújo Ayres, essa primeira visita foi para ver qual o trabalho é feito pelo Flamengo. “Temos referências muito boas junto a Cruzeiro, Atlético e América e trabalhamos com times de todo o Brasil e queremos uma parceria para oferecer jogadores a outros clubes” falou e acrescentou ter sido muito bem recebido. “Melhor possível, nos receberam muito bem e vamos criar muitas oportunidades para os meninos e para nossa empresa também. Aqui é um lugar onde vou captar muitos atletas, tem alguns jogadores, dois 98 a princípio, tem outros que já estão em clubes e queremos trabalhar com eles até mesmo para se ter uma garantia futura para o Flamengo”, declarou.
Para o time de Divinópolis a parceria é interessante pelo aspecto jurídico. “Temos um departamento jurídico e contábil e toda uma estrutura a oferecer ao atleta e ao clube. Mesmo com essa estrutura a profissionalização é muito difícil. Com esse trabalho as chances são maiores e as garantias do Flamengo também”, falou e considerou o fato do Rubro Negro ser um formador de atletas. “Muitos foram formados aqui e tenho certeza que nunca houve retorno, queremos garantir ao Flamengo e o atleta que todos podem ganhar juntos”, ressaltou.
Com relação aos atletas, não houve qualquer antecipação, mas Felipinho e Felipão, fizeram um trabalho interessante. Há de se levar em conta a necessidade de cada equipe. se o time tem carência em uma posição é nela que haverá a identificação do trabalho. Hoje a carência maior é de centroavante (homem de área) e zagueiro canhoto. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.