terça-feira, 9 de Junho de 2015 10:58h Atualizado em 9 de Junho de 2015 às 11:02h.

Flamengo é campeão em três categorias na Taça Pará de Minas

O Flamengo de Divinópolis jogou em quatro categorias, na final da Taça Pará de Minas de Futebol Mirim e foi campeão em três

Ficou com o troféu de campeão nas categorias 2006, 2005 e 2004. Na categoria nascidos em 2003, a Escola Municipal de Esportes de Nova Serrana foi a campeã. Todos os jogos foram realizados em Pará de Minas, no campo do Paraense, na manhã do último sábado.

A primeira categoria a entrar em campo foi a 2006. O time do Flamengo teve pela frente o Vasco da Gama, fazendo um clássico dvinopolitano em terras paraminenses. Foi um bom jogo, no qual os rubro-negros saíram na frente com Juan. Os cruzmaltinos chegaram ao empate por meio de uma cobrança de falta. Kelven chutou direto e marcou, mas a reação da equipe do Afonso Pena ficou neste gol. O atleta Juan estava em uma manhã inspirada e comandou a vitória, ele aumentou o placar e Caio fechou em 3 a 1. Juan foi escolhido o craque da final na categoria 2006 e Paulinho, do Flamengo, o melhor treinador.

Seguindo a manhã de jogos, o Flamengo encarou o Palmeiras na categoria 2005. Mais um clássico em Pará de Minas e a vitória rubro-negra por 4 a 1. O Palmeiras saiu na frente, após cobrança de escanteio Victor Hugo fez o gol da equipe do Afonso Pena. O empate ainda no primeiro tempo e também em lance de bola parada. João Vitor aproveitou a confusão na área e fez o gol. A virada veio também em lance de bola parada, na cobrança de escanteio, Amilton pareceu livre dentro da área para fazer 2 a 1. O Flamengo ampliou com João Vitor, ele aproveitou o rebote do goleiro e ainda no final da partida João Vitor deu números finais ao jogo. O time da Estação Velha ainda perdeu um pênalti. O atleta destaque da categoria 2005 foi João Vitor e o melhor treinador novamente Paulinho do Flamengo.

Na categoria 2004, uma goleada por 5 a 0, e graças à objetividade Flamenguista. O time enfrentou o Vasco da Gama, um adversário difícil. O time Cruzmaltino teve um início de jogo onde atuava no campo do adversário, mas quem marcou o gol foi o Flamengo. Sorin abriu o placar, antes de uma reação, Gabriel aumentou. Usando da velocidade, Carlos Eduardo marcou o terceiro e este depois de receber na frente, teve a calma para esperar a definição do goleiro e tocou no cantinho. O quarto foi de cabeça, Gabriel fez o certo. Subiu bonito e colocou a bola onde o goleiro nada podia fazer. Para fechar a goleada, Carlos Eduardo se viu com a bola sobre a linha e só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes. O atleta destaque foi Gabriel do Flamengo e o melhor treinador, pela terceira vez, Paulinho do Flamengo.

Para a hegemonia flamenguista não ser total, a Escola Municipal de Esportes de Nova Serrana usou da força para vencer. O time do Flamengo saiu na frente com um gol de Diogo, obrigou o Nova Serrana a sair para o jogo e então teve um empate no meio campo. Com uma melhor estatura, o time nova serranense chegava inteiro nas divididas e ganhava na força. Para piorar a situação, o Flamengo teve um jogador expulso, jogou todo o segundo tempo com um atleta a menos, diante de uma equipe alta e forte. Com essa situação, Vitor Manoel fez três gols, empatando, virando e ampliando.


Supercampeão

Ainda para ser entregue ao Flamengo o troféu de Super Campeão. Essa premiação é oferecida ao clube com maior número de títulos em uma mesma edição, o desempate é o maior número categorias nas finais. São oito categorias, o Flamengo é campeão de três e já garantiu cinco times na final. O Palmeiras até pode empatar no número de títulos, mas pode garantir no máximo quatro categorias na final. Lembrando que na categoria 2001 estão na semifinal as equipes de Palmeiras, Vasco da Gama, Flamengo e Estrela de Minas. O clássico Palmeiras e Flamengo, valendo vaga na final, será disputado na noite desta terça-feira, no estádio Pelezinho, às 20h.

O presidente do Flamengo, Gilberto Ferreira (Gil), falou da importância de todas as conquistas. “Saldo positivo e fizemos um trabalho bonito em todas as categorias. O Flamengo é o supercampeão da Taça Pará de Minas e com possibilidade de mais títulos na semana que vem”, falou.


Tricampeão

O treinador Paulinho venceu as três categorias em que comandou em campo. Segundo ele, o título da categoria 2006 é inédito e inesquecível. “Uma satisfação e alegria enorme, tudo feito para estas finais. E ser campeão três vezes no mesmo dia, sentimento de dever cumprido e muito merecido, pois temos uma base forte. Todos os títulos importantes, mas a 2006, por ser o primeiro título tem um carinho especial. Os placares foram por muita luta, foi acirrado, precisou de muita conversa e as peças de reposição. Vamos trabalhar para as quartas de finais da Imef, ainda haverá uma viagem no meio do ano para o Sul de Minas e vamos representar Divinópolis nesta competição”, falou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.